CARTOGRAFIA DE FAVELAS: DISTRIBUIÇÃO, CARACTERIZAÇÃO E ANÁLISE ESPACIAL DAS FAVELAS DA ÁREA DE PLANEJAMENTO 3 (AP3) DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO

Rita Maria Cupertino Bastos, Felipe Gonçalves Amaral, Paula Maria Moura de Almeida, Patrícia Luana Costa Araújo, Carla Bernadete Madureira Cruz

Resumo


A cidade do Rio de Janeiro é muito conhecida por suas paisagens diversas e por suas favelas. A distribuição espacial das favelas, bem como o conhecimento de suas características, é de suma importância para um planejamento urbano coerente. Assim, este trabalho tem como objetivo caracterizar, analisar e compreender a configuração espacial das favelas da Área de Planejamento (AP3) no município do Rio de Janeiro por meio de variáveis espaciais como zoneamento, hidrografia, rodovias, ferrovias e altitude. Essa caracterização espacial é um aspecto fundamental quando se considera a questão das favelas sob a ótica da habitação, do planejamento urbano e da qualidade de vida. A análise espacial indicou que cerca de 80% das comunidades da AP3 possuem intrínseca relação com as variáveis adotadas, corroborando com os apontamentos de Abreu (1997) de que sua existência está intrinsecamente associada ao processo de urbanização do subúrbio carioca.


Texto completo:

16-29


DOI: https://doi.org/10.12957/tamoios.2020.55759



ISSN: 1980-4490

 Resultado de imagem para logotipo biblioteca nacional     Portal de Periódicos da CAPES