ALGORITMO DE IDENTIFICAÇÃO DE FORMAS DA SUPERFÍCIE APLICADO AO RECONHECIMENTO PEDOLÓGICO NA BACIA HIDROGRÁFICA DO BAIXO TIBAGI - PARANÁ

Estevão Conceição Gomes Junior, Mara Andrade Marinho, Deise Fabiana Ely

Resumo


A Pedometria desponta na Ciência do Solo como uma nova maneira de observar quantitativamente a variabilidade espacial do solo e de seus atributos. Assim, como ferramenta auxiliar ao Mapeamento Digital de Solos, os algoritmos matemáticos inseridos em plataformas de Sistema de Informação Geográfica (SIG) podem realizar de forma automática uma análise preliminar dos elementos do meio físico (solo, relevo, litologia, vegetação) e assim complementar e otimizar o estudo do pesquisador. Desta forma, o presente estudo visou aplicar e validar o algoritmo matemático computacional TOPOSHAPE para delinear as formas da superfície em vertentes e predizer suas classes de solo associadas na Bacia Hidrográfica do Baixo Tibagi, localizado no centro-norte do estado do Paraná. Para o delineamento automatizado das formas da superfície foi criado o modelo digital de elevação (MDE) derivado da composição de imagens SRTM com resolução espacial de 30 metros (1 arco de segundo). Os resultados indicaram alta acurácia do algoritmo no reconhecimento das áreas de cumeeira associadas a solos mais profundos, como os Latossolos, as vertentes convexas associadas a solos mais rasos, como os Neossolos Regolíticos e as áreas de talvegues e planícies associadas a solos hidromórficos, como os Gleissolos.

Texto completo:

59-83


DOI: https://doi.org/10.12957/tamoios.2021.48788

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ISSN: 1980-4490

 Resultado de imagem para logotipo biblioteca nacional     Portal de Periódicos da CAPES