RESGATE HISTORIOGRÁFICO DA GEOGRAFIA ESCOLAR: OS ESTUDOS SOCIAIS NOS MANUAIS ESCOLARES DE HERMANTINA RICCIOPPO

Diego Carlos Pereira

Resumo


Este trabalho busca apresentar e analisar elementos sociais, culturais, históricos, educativos e simbólicos no contexto dos Estudos Sociais e sua articulação histórica e conceitual com a Geografia Escolar a partir da análise de dois manuais escolares produzidos por uma professora do ensino primário de Uberaba-MG, na segunda metade do século XX. Por meio de pesquisa documental e contextualização teórica, as análises mostram que a produção de conhecimentos materializada por esses manuais elencaram diferentes perspectivas para os Estudos Sociais, desde o âmbito tradicional ao âmbito escolanovista do mesmo, configurando uma relação repleta de oscilações históricas entre os Estudos Sociais e a Geografia Escolar. No entanto, de maneira geral, compreendemos que as concepções de Estudos Sociais que a professora priorizou em sua elaboração e prática esteve relacionada com a concepção baseada nos princípios escolanovistas apresentando aspectos como: identificação das atividades escolares com a realidade de vida do aluno; o civismo e nacionalismo; a relação entre escalas de comunidade, município, estado e país; desenvolvimento do raciocínio pela observação, interpretação e prática no âmbito da paisagem; fundamentar-se na relação homem e meio; conhecer fatos e acontecimentos do passado e desenvolver capacidade no aluno de estudar a realidade de maneira científica.


Texto completo:

113-136


DOI: https://doi.org/10.12957/tamoios.2015.16679



ISSN: 1980-4490

 Resultado de imagem para logotipo biblioteca nacional     Portal de Periódicos da CAPES