PERSPECTIVAS SOBRE A ECONOMIA SOLIDÁRIA E A PRODUÇÃO DO ESPAÇO GONÇALENSE

Maíra Vieira do Vale

Resumo


Diante do cenário atual de desemprego exacerbado, deterioração e flexibilização das relações de trabalho e intensas críticas ao modelo econômico dominante, aumentam-se as lutas travadas pelos movimentos sociais e emergem iniciativas que rompem com os limites do mercado formal de trabalho, propostas de desenvolvimento econômico, social, cultural, ecológico e político pautadas nos princípios da Economia Solidária. Alternativa ao desemprego, possibilidade de gestão coletiva, fonte de complemento de renda ou o acesso ao crédito estão entre as principais motivações para a criação dos Empreendimentos Econômicos Solidários.

Este trabalho busca contribuir para a reflexão sobre a atuação do movimento de Economia Solidária na produção do espaço gonçalense, integrante da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. A pesquisa baseia-se na leitura de bibliografia especializada, análise dos dados oficiais do Mapeamento Nacional e acompanhamento de experiências solidárias atreladas ao Fórum Municipal de Economia Solidária, espaço misto de debate e troca livre de experiências que busca contribuir para a construção de políticas públicas de trabalho dentro dos princípios solidários e promoção social no município e viabilizar projetos entre a sociedade civil organizada, iniciativa privada e o poder público local.

Palavras-chave: Economia solidária, trabalho, espaço.

ABSTRACT

 

Before the current situation exacerbated unemployment, deterioration and flexibility of work relations and intense criticism of the dominant economic model, increase the struggles waged by social movements and emerging initiatives that break through the boundaries of the formal market of work, economic development proposals Social, cultural, ecological and political guided by the principles of Solidarity Economy. Alternative to unemployment, the possibility of collective management, a source of additional income or access to credit are among the main motivations for the creation of enterprise economic solidarity.

This paper seeks to contribute to the reflection on the performance of the Solidarity Economy movement in the production of space gonçalense, a member of the Metropolitan Region of Rio de Janeiro. The research is based on the reading of specialized bibliography, analysis of official data from the National Mapping and monitoring of cooperative experiences linked to the Municipal Forum of Solidarity Economy, mixed area of debate and free exchange of experiences that contributes to the construction of public policies work within the principles of solidarity and social development in the municipality and facilitate projects between civil society organizations, private organizations and local government.


Key words: solidaruty economy, work and. space


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/tamoios.2010.1417



ISSN: 1980-4490

Periódicos Capes Resultado de imagem para logotipo biblioteca nacional