Saúde pública como precursor de uma nova era para a população brasileira

Liliani Travezani Martins

Resumo


O artigo apresenta as mudanças ocorridas no decorrer da história da saúde pública com enfoque nas décadas de 1980 e 1990. A partir hipótese que as modificações ocorridas no decorrer da história da saúde pública brasileira trouxeram benefícios à população em geral, ou seja, todos têm acesso à saúde independente do lugar em que vive, sexo, idade, raça, etnia e condições socioeconômicas. Este estudo é uma revisão bibliográfica teórica que utilizou fontes como: livros de instituições de ensino superior, artigos científicos, endereços eletrônicos como o Scielo (Scientific Electronic Library Online), Google acadêmico, site do Ministério da saúde e da Fundação Nacional de Saúde. O intuito da busca bibliográfica teórica foi desvendar os caminhos percorridos na saúde pública para observar as mudanças da mesma até hoje. Sendo assim, torna-se visível de acordo com as pesquisas que a saúde pública evolui para beneficiar a população em geral, ou seja, que todos os cidadãos tenham uma saúde de qualidade e prestada com a dignidade merecida. Porém percebe-se uma diferença marcante entre a concepção teórica do sistema único de saúde (SUS) e a sua real aplicação e desempenho para a população em geral. Esta diferença pode ser resultante de dificuldades de articulações entre as esferas.


Palavras-chave


Saúde Pública; História; Assistência à Saúde

Texto completo:

PDF

Referências


BÍBLIA CATOLICA. Levítico. 2° Ed. São Paulo: Editora SBB, 2010. Disponível em: . Acesso em: 20 ago. 2017.

BRASIL.Ministério da Saúde. O Sistema Público de Saúde Brasileiro. Brasília – DF, 2006. Pag.: 1-44.

FARIA, Lina Rodrigues de. Os Primeiros Anos da Reforma Sanitária no Brasil e a Fundação Rockerfeller(1915-1920).Revista de Saúde Coletiva- Physis. Rio de Janeiro.Vol.5,nº1, p.109-129, 1995.

FINKELMAN, Jacobo. (Org.). Caminhos da saúde pública no Brasil. / Organizado por Jacobo Finkelman. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2002, Pag.:328.

JUNIOR, Aylton Paulus , JUNIOR, Luiz Cordoni. Políticas Públicas de Saúde no Brasil. Revista Espaço para a Saúde, Londrina, v.8, n.1, p.13-19, dez.2006. pag:13-19.

LAKATOS, Eva Maria, MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia Científica. 1ª ed. São Paulo: Atlas, 1982.

MATOS A.; B.; SANTO, C. W. dos. A Saúde Pública no Brasil: Historicidade da Participação Popular e Evolução Jurídico-Constitucional para a Gestão de um Novo Modelo. P.3 s.n.t.. Disponível em:< http://www.viajus.com.br> . Acesso em: 22/08/2012.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. ABC do SUS – Doutrinas Princípios. Brasília/DF 1990. Pag.: 6

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Evolução Institucional da Saúde Pública. Brasília. 1979. pag: 1

MINISTÉRIO DA SAÚDE. O Sistema Público de Saúde Brasileiro. Brasília – DF, 2002. Pag.:13.

MORESI, E. (Organizador), Metodologia de Pesquisa, Universidade Católica de Brasília, 2003, 108 p.

MOTA, A.; SCHRAIBER, L. B. Atenção Primária no Sistema de Saúde: debates paulistas numa perspectiva histórica. Saúde Soc. São Paulo, v.20, n.4, p.837-852, 2011. Pag.: 837-852.

PAIM, Jaimilson; TRAVASSOS, Claudia; ALMEIDA, Célia. Saúde no Brasil 1:O sistema de saúde brasileiro: história, avanços e desafios. Rev. Séries Saúde no Brasil, Salvador, v. 1, n. 1, p.1-21, maio 2011.

POLIGNANO, M. V. Historia Da Saúde Publica no Brasil: uma pequena revisão. Historia Das Politicas de Saude No Brasil, Minas Gerais, n. , p.01-25, 31 out. 2006. Disponível em:. Acesso em: 02/06/2012.

RIZOTTI, M. L. A. Estado e Sociedade Civil na História das Políticas Sociais Brasileiras. Semina: Ci. Soc. Hum.,, Londrina, v. 22, p.39-56, set. 2001. Disponível em: Acesso em: 02/07/2012

SILVA, L. J. da. Revista de Saúde Pública: 30 anos de evolução. Revista de Saúde Pública, São, v. 06, n. 30, p.503-505, dez. 1996.

SOUZA, R. R. O Sistema Público de Saúde Brasileiro. Ministério da Saúde. São Paulo, Brasil, 2002. Pag.: 1- 45.

WALDMAN, E. A. Vigilância em Saúde Pública. volume 7 / Eliseu Alves Waldman ; colaboração de Tereza Etsuko da Costa Rosa. – São Paulo: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, 1998. – (Série Saúde & Cidadania). Pag.:1-2




DOI: https://doi.org/10.12957/sustinere.2017.28282

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


   Resultado de imagem para blogger icon   

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

ISSN 2359-0424

A Revista SUSTINERE está indexada/cadastrada em: