Lúpus eritematoso cutâneo: manifestações clínicas e análise laboratorial

Priscila Maria da Silva Gomes

Resumo


Lúpus eritematoso (LE) está incluído entre as chamadas doenças do tecido conjuntivo e é dividido em uma forma sistêmica o lúpus eritematoso sistêmico (LES) e uma forma cutânea lúpus eritematoso cutâneo (LEC). O LE é uma doença autoimune heterogênea e multissistêmica, caracterizada pela produção de anticorpos que combatem o seu próprio organismo em vez de combater a antígenos. O Lúpus é uma doença com maior frequência entre as idades de 20 a 50 anos, afetando mais as mulheres do que homens acometendo, em sua maioria, pacientes com uma história familiar de lúpus e outras doenças autoimunes.

 

DOI: http://dx.doi.org/10.12957/sustinere.2015.17324


Palavras-chave


Lúpus Eritematoso Cutâneo; Imunologia; Eritema; Fotossensibilidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/sustinere.2015.17324

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


   Resultado de imagem para blogger icon   

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

ISSN 2359-0424

A Revista SUSTINERE está indexada/cadastrada em: