O TRIUNFO DA PICARETAGEM EM MOLL FLANDERS, DE DANIEL DEFOE

Loraci Hofmann Tonus

Resumo


Neste trabalho, nos debruçamos sobre o romance Moll Flanders,publicado no ano de 1722 pelo escritor inglês Daniel Defoe. Aescolha dessa obra deu-se pela necessidade de, enquanto docente epesquisadora da área de Literatura, ampliar e aprofundar conhecimentosno campo do romance picaresco. Assim, com a análise deMoll Flanders, buscamos construir uma base de saberes necessáriospara compreender e analisar obras brasileiras cujos protagonistas poderiamser classificados como pícaros ou neopícaros. Algumas dessaobras, de acordo com González (1988), são: Memórias de um sargentode milícias, de Manuel Antônio de Almeida; Macunaíma, deMário de Andrade; A pedra do reino e O auto da compadecida, ambasde Ariano Suassuna; Galvez, o imperador do Acre, de MárcioSouza; Meu tio Atahualpa, de Paulo de C. Neto; Os voluntários, deMoacyr Scliar; O grande mentecapto, de Fernando Sabino; Travessias,de Edward Lopes.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/soletras.2008.5014

Licença Creative Commons

SOLETRAS online - ISSN 2316 8838

Revista do Departamento de Letras

Faculdade de Formação de Professores da UERJ

Rua Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato - São Gonçalo - RJ

Cep: 24435-005 - e-mail: soletrasonline@yahoo.com.br