MEMÓRIA E IDENTIDADE NO ROMANCE CONTEMPORÂNEO

Regina Pentagna Petrillo

Resumo


Em a Era dos extremos, o historiador Eric Hobsbawm, delimitandoo século XX entre 1914 e 1991, afirma que estamos vivendohoje o início de uma nova era:“Não há como duvidar seriamente de que em fins da décadade 1980 e início da década de 1990 uma era se encerrou e outra novacomeçou” (Hobsbawm, 2005, p. 15)1.Fredric Jameson também aponta no final da década de 80 aemergência de um novo tipo de vida social e de uma nova ordem econômica:o capitalismo tardio (Jameson, 1985, p. 17 e 2004, p. 24,25, 29). Para o sociólogo, o capitalismo tardio constitui a mais puraforma do capital surgida até então: pela primeira vez na história, ocapitalismo aproxima-se de constituir um sistema universal penetrandoem todos os aspectos da vida, do Estado, das práticas, das ideologiase da cultura.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/soletras.2008.5009

Licença Creative Commons

SOLETRAS online - ISSN 2316 8838

Revista do Departamento de Letras

Faculdade de Formação de Professores da UERJ

Rua Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato - São Gonçalo - RJ

Cep: 24435-005 - e-mail: soletrasonline@yahoo.com.br