A FÁBULA A RAPOSA E O BODE (ESOPO): UMA ABORDAGEM SEMIÓTICA

Miguél Eugenio Almeida

Resumo


A abordagem semiótica de A raposa e o bode (Esopo) é feita apartir desta fábula com a participação dos elementos teóricos da manipulaçãonarrativa greimasiana, no contexto da sintaxe narrativa de superfície.A análise textual centra-se especificamente na função manipuladorada sintaxe narrativa de superfície e, também, no âmbito mais profundo dotexto, a isotopia textual. Assim, o tratamento semiótico do texto emquestão está inscrito na semiótica objetal, propriamente dito.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/soletras.2008.4734

Licença Creative Commons

SOLETRAS online - ISSN 2316 8838

Revista do Departamento de Letras

Faculdade de Formação de Professores da UERJ

Rua Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato - São Gonçalo - RJ

Cep: 24435-005 - e-mail: soletrasonline@yahoo.com.br