LOGÍSTICA REVERSA - PORTUGAL, ESPANHA E BRASIL: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

Alexandra Fernanda DA Silva, UBIRAJARA ALUIZIO DE OLIVEIRA MATTOS

Resumo


Diante de um modelo socioeconômico cada vez mais consumista, da crescente escassez de recursos naturais, da obsolescência programada e da dificuldade de áreas apropriadas para destinação final de resíduos, a logística reversa apresenta-se como alternativa viável e eficaz na gestão de resíduos, tanto do ponto de vista econômico como ambiental. Nesse sentido, o artigo apresenta uma revisão da literatura objetivando compreender a experiência de dois países europeus, Portugal e Espanha, em relação à logística reversa, e de que forma essas experiências podem contribuir para o modelo brasileiro. Para tanto, foram selecionados artigos científicos, dissertações e teses que abordam a temática. Os resultados desta revisão visam contribuir para a compreensão dos desafios envolvidos na implementação de um sistema de logística reversa no Brasil, bem como, as contribuições ambientais, sociais e econômicas advindas desse processo.

 

 

                       


Palavras-chave


logística reversa; resíduos; Portugal; Espanha; Brasil.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/ric.2019.36108

Direitos autorais 2019 Alexandra Fernanda DA Silva, UBIRAJARA ALUIZIO DE OLIVEIRA MATTOS


 

ISSN: 2316-7041 | Indexada em:

 

Licença Creative Commons

A Revista Internacional de Ciências está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.