AVALIAÇÃO DE IMPACTOS AMBIENTAIS DA DUPLICAÇÃO DA BR 101 RJ/NORTE, TRECHO COMPREENDIDO ENTRE O KM 144,2 e 190,3

Marina Morim Gomes, Constantino Flávia Vitória, Elenice Rachid da Silva, Josimar Ribeiro de Almeida

Resumo


A BR 101 é uma rodovia de grande importância para o país e vêm sofrendo obras de duplicação para diminuir o número de congestionamentos e acidentes ao longo de sua extensão. O trecho compreendido entre o km 190,3 ao km 144,2 transpassa uma Unidade de Conservação (UC) e uma Área de Proteção Ambiental (APA), áreas onde a biodiversidade deve ser preservada, tendo seu amparo legal através de Lei 6938/81, Política Nacional do Meio Ambiente. Foram identificados onze impactos ambientais do meio biótico causados por este empreendimento e avaliados através de uma matriz de interação. Os impactos foram negativos e revelam uma situação preocupante devido aos danos permanentes causados ao ecossistema adjacente, que podem afetar as populações da fauna e da flora.

Palavras-chave


Duplicação de rodovia, Impactos ambientais, Fragmentação de habitat, Rodovia Governador Mario Covas, Matriz de interação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/ric.2019.35980

Direitos autorais 2019 Constantino Flávia Vitória, Mariana Morim Gomes, Elenice Rachid da Silva, Josimar Ribeiro de Almeida


 

ISSN: 2316-7041 | Indexada em:

 

Licença Creative Commons

A Revista Internacional de Ciências está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.