Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Revista Internacional de Ciências?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

NORMAS GERAIS DE ENVIO DE ARTIGOS PARA A REVISTA INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS - RIC

 

ATENÇÃO: não serão aceitos manuscritos que não estejam formatados de acordo com as normas da revista. 

O conteúdo dos trabalhos é de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). Sob pena de a submissão ser rejeitada, os autores aceitam a condição de que a sua contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, justificar em "Comentários ao Editor".

 O autor deve estar ciente que a partir do momento que o seu artigo for submetido para avaliação, haverá um custo editorial de R$ 50,00 (cinquenta reais) por manuscrito. A decisão editorial de rejeitar o artigo não implica em devolução da taxa.

 

Formato e tamanho do Arquivo: MS Word, 4MB.

Tamanho da folha: A4 (210 x 297 mm).

Cor do texto: texto na cor preta.

Fonte/Tamanho: Arial 12 para o texto e Arial 10 para citações longas, legendas de figuras, tabelas e referências.

Margens: As margens do manuscrito superior e inferior devem ter 2,0 cm, e as esquerda e direita devem ser 3,0 cm.

Espaçamento entre linhas: 1,5 no texto principal e simples no resumo, abstract e resumen. As legendas de ilustrações e tabelas, e as citações textuais longas também devem ser formatadas em espaço simples de entrelinhas.

Alinhamento: Justificado

Recuo: recuo especial da primeira linha de cada parágrafo é de 1,25.

Número de páginas: No mínimo 08 e no máximo 20 páginas, incluindo as referências bibliográficas.

O artigo deve ter uma Folha de Rosto contendo os seguintes itens:  

Título: no idioma português, inglês e espanhol com, no máximo, 15 palavras em fonte Arial 14, letras maiúsculas e em negrito. Centralizado com espaço simples de entrelinhas. O primeiro título deve ser no idioma em que se apresenta o artigo, o segundo no idioma da revista. Entre o último título e o nome do primeiro autor deve-se pular 2 linhas.

Autores: nomes completos, com a primeira letra de cada nome em maiúscula em fonte Arial 12, com as seguintes informações abaixo do nome: instituição a que o autor está filiado com seu respectivo endereço e e-mail do autor, ambos em fonte Arial 10. Todos centralizados com espaço simples de entrelinhas. Entre os nomes dos autores deve-se pular uma linha, entre o nome do último autor e o resumo deve-se pular 2 linhas.

Resumo: em fonte Arial 12 e espaçamento entrelinhas simples, deve condensar, em um único parágrafo, o conteúdo, expondo objetivos, materiais e métodos, os principais resultados e conclusões em não mais do que 250 palavras. Deve-se fazer um parágrafo entre o final do resumo e as palavras-chave.

Palavras-chave: no mínimo de quatro e máximo de seis. Não devem repetir os termos que se acham no título, podem ser constituídas de expressões curtas e não só de palavras e devem ser separadas por vírgula. Entre as palavras-chave, abstract e resumen, deve-se pular 2 linhas.

Abstract: Segue as mesmas recomendações do resumo. Deve ser uma tradução próxima do resumo. Deve-se fazer um parágrafo entre o final do abstract e as Keywords.

Keywords: representam a tradução das palavras-chave para a língua inglesa.

Resumen: Segue as mesmas recomendações do resumo. Deve ser uma tradução próxima do resumo. Deve-se fazer um parágrafo entre o final do resumen e as Palabras Clave.

Palabras Clave: representam a tradução das palavras-chave para a língua espanhola.

 

Após esses itens, seguem a INTRODUÇÃOMATERIAL E MÉTODOSRESULTADOS E DISCUSSÃOCONCLUSÃOAGRADECIMENTO (opcional) e REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS. Atenção estes itens devem ser escritos com letras maiúsculas e em negrito, sem numeração sequencial.

As referências bibliográficas são uma lista de fontes de consultas citadas ao longo do corpo do trabalho e seguem a norma ABNT. Elas devem ser listadas em ordem alfabética de autor, alinhamento justificado, em tamanho 10, espaço simples entre linhas, e pular uma linha entre elas. Referências que trazem endereços de consulta localizados na rede de internet, devem ter seus hiperlinks ativados (na cor azul).

De forma genérica as referências devem ter os seguintes elementos: autor (quem?); título (o que?); edição; local de publicação (onde?); editora; e data de publicação da obra (quando?). Seguem orientações especificas para referenciar de alguns tipos mais usuais de obras consultadas:

a) periódicos (revistas cientificas)

TAYRA, F.; RIBEIRO, H. Modelos de indicadores de sustentabilidade: síntese e avaliação crítica das principais experiências. Saúde e Sociedade, São Paulo, v.15, n.1, p.84-95, 2006.

SILVA, C. E.; PINTO, J. B.; GOMES, L. J. Ecoturismo na Floresta Nacional do Ibura como potencial fomento de sociedades sustentáveis. Revista Nordestina de Ecoturismo, Aracaju, v.1, n.1, p. 10-22, 2008.

b) livros

MARCONI; M. A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisas, elaboração, análise e interpretação de dados. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2007.

NUNES, I. J. Nutrição animal básica. 2 ed., Belo Horizonte: FEP-MVZ, 1998. 200 p.

OECD. Environmental indicators: towards sustainable development. Paris: OECD Publications, 2001. 

QUIROGA, R. Indicadores de sostenibilidad ambiental y de desarrollosostenible: estado del arte y perspectivas. Santiago do Chile: CEPAL, 2001. Serie Manuales n.16. 

SEGNESTAM, L.; WINOGRAD, M.; FARROW, A. Desarrollo de indicadores: lecciones aprendidas de América Central. Washington: CIAT-BM-PNUMA, 2000. 

c) capítulos de livro 

BOO, E. O planejamento ecoturístico para áreas protegidas. In: LINDBERG, K.; HAWKINS, D. E. Ecoturismo: um guia para planejamento e gestão. São Paulo: Senac São Paulo, 1999. p.65-80. 

HOMMA, A.K.O. Do extrativismo à domesticação – 60 anos de história. In: MENDES, A. D. A Amazônia e o seu banco. Manaus: Banco da Amazônia, 2002. p.137-156. 

PEDRINI, A. G. A educação ambiental no ecoturismo brasileiro: passado e futuro. In: SEABRA, G. Turismo de Base Local: identidade cultural e desenvolvimento regional. João Pessoa: Editora Universitária UFPB, 2007. p.30-56. 

d) anais de eventos 

SILVA, C. E. Ecoturismo no Horto Florestal do Ibura como potencial fomento de sociedades sustentáveis. In: ENCONTRO PARANAENSE DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL, 9., Guarapuava, 2006. Anais. Guarapuava: Unicentro, 2006. CD-ROM. 

SILVA, C. E. Gerenciamento pelas diretrizes: planejamento estratégico do CEPECS Brasil. In: CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL, 5., Joinville, 2007. 

e) revistas de noticias

NILIPOUR, A. H.; BUTCHER, G. D. Manejo de broilers: Lasprimeras 24 horas. Industria Avícola, Mount Morris, v. 46, n. 11, p. 34-37, nov. 1999. 

f) teses, dissertações e monografias 

FILHO, P. C. C. Gestão estratégica da informação e sua importância no sucesso das organizações. 2003. Monografia (Graduação em Engenharia Elétrica) – Universidade Federal de Goiás, Goiânia. 

SCHULZE, E. Participação e estrutura de poder no modelo de gestão cooperativa: o caso UNIMED no RS. 2002. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. 

g) leis ou normas jurídicas 

BRASIL. Lei nº 11.428 de 22 de dezembro de 2006. Dispõe sobre a utilização e proteção da vegetação nativa do bioma Mata Atlântica, e dá outras providências. Brasília, 22 dez 2006. 

SERGIPE. Decreto nº 13.713 de 14 de junho de 1993. Institui a criação da Área de Proteção Ambiental Morro do Urubu. Aracaju, 14 jun 1993. 

h) documentos governamentais 

BRASIL. Diretrizes e prioridades do plano de ação para implementação da Política Nacional da Biodiversidade. Brasília: MMA, 2006. 

IBGE. Indicadores de desenvolvimento sustentável: Brasil 2002. Rio de Janeiro: IBGE, 2002. 

MMA; MEC. Coletivos jovens de meio ambiente: manual orientador. Brasília: Dreams, 2005. 

i) documentos ou matérias não diferentes dos anteriores coletados na Internet 

PORTUGAL, A. D. O desafio da agricultura familiar. EMBRAPA, 2004. Disponível em: http://www.embrapa.br/imprensa/artigos/2002/artigo.2004-12-07.2590963189. Acessado em 18 jan 2009.

 

Tabelas, Gráficos e Quadros: devem fazer parte do corpo do artigo, devem ser numeradas e sequenciadas e ser apresentadas no módulo tabela do Word. O título deve ficar acima da imagem, com letra em tamanho 12 e espaçamento entre linhas simples.

Figuras: devem ser inseridos no texto após a citação dos mesmos. O título deve ficar abaixo da imagem, com letra em tamanho 12 e espaçamento entre linhas simples. 

As palavras "Tabelas", "Gráficos", "Quadros" e "Figuras" deverão estar em negrito

Fontes: as fontes das Tabelas, Gráficos, Quadros e Figuras devem ter corpo 10 e serem grafadas sem negrito. 

Símbolos, Fórmulas Químicas e Equações Matemáticas: deverão ser feitos no processador Word (aba Inserir Equação ou Símbolo) ou inseridos como figura ou PDF. A letra em tamanho 12 e espaçamento entre linhas simples. Devem ser numeradas a direita e sequenciadas. 

Citações são informações extraídas de outra fonte, e podem ser classificadas em: citação direta (quando é feita a partir de uma transcrição literal, ou seja, palavra por palavra, de trecho do texto do autor da obra consultada); citação indireta (quando são inseridas de forma não-literal, ou seja, ideias pertencentes ao autor ou a diversos autores); citação de citação (é aquela citação, direta ou indireta, de uma obra original a que não se teve acesso, mas que se teve conhecimento por citação existente em outra obra, desta vez com acesso efetivo). 

a) Citações diretas 

Na forma direta devem ser transcritas entre aspas, quando ocuparem até três linhas impressas, onde devem constar o autor, a data e a página, conforme o exemplo: “Sabe-se que há muito tempo o ser humano vem causando alterações na natureza e que algo urgente precisa ser feito no sentido de minimizar os efeitos provenientes dessa ação danosa” (NEIMAN, 2005, p. 17). 

As citações de mais de um autor serão feitas com a indicação do sobrenome dos dois autores separados por ponto e vírgula, conforme o exemplo: Sato; Carvalho (2005, p. 12) afirmam que “a EA situa-se mais em areias movediças do que em litorais ensolarados”. 

Quando a citação ultrapassar três linhas, deve ser separada com um recuo de parágrafo de 4,0 cm, em espaço simples no texto, com fonte 10, conforme o exemplo: Severino (2002, p. 185) entende que: 

A argumentação, ou seja, a operação com argumentos, apresentados com objetivo de comprovar uma tese, funda-se na evidência racional e na evidência dos fatos. A evidência racional, por sua vez, justifica-se pelos princípios da lógica. Não se podem buscar fundamentos mais primitivos. A evidência é a certeza manifesta imposta pela força dos modos de atuação da própria razão. 

b) Citação indireta 

A citação indireta, denominada de conceitual, reproduz ideias da fonte consultada, sem, no entanto, transcrever o texto. Esse tipo de citação pode ser apresentado por meio de paráfrase, que caracteriza-se quando alguém expressa a idéia de um dado autor ou de uma determinada fonte. 

A paráfrase, quando fiel à fonte, é geralmente preferível a uma longa citação textual, mas deve, porém, ser feita de forma que fique bem clara a autoria. Neste caso especifico não se faz necessário constar o número da página, pois a paráfrase pode ser uma síntese de um pensamento inteiro. 

c) Citação de citação

Evitar utilizar material bibliográfico não consultado diretamente, mas se imprescindível, referenciar através de “citado por”. A citação de citação deve ser indicada pelo sobrenome do autor seguido da expressão “citado por” e do sobrenome da obra consultada, em minúsculas, conforme os exemplos: Freire citado por Saviani (1998, p. 30) ou (FREIRE citado por SAVIANI, 1998, p. 30).

 

INDICAÇÃO DE AVALIADORES: 

Os autores devem indicar os nomes de 3 professores (mestre ou doutor), fornecendo suas disciplinas, áreas de atuação e endereço eletrônico ativo para compor o quadro de avaliadores da RIC. A sua ajuda será apreciada e poderá acelerar o nosso fluxo editorial. 

Esclarecemos que será mantido o processo de avaliação "duplo cego" já utilizado pelo nosso periódico.

 

PROCESSO DE AVALIAÇÃO:

Os artigos recebidos passam por uma pré-avaliação (desk review) e, se aprovados pela editoria, recebem um código e aguardam na fila por ordem de chegada (prazo médio de 6 meses). Os arquivos são enviados aos avaliadores em "duplo cego", sem identificação dos autores e instituições (blind review). Os avaliadores têm prazo para entrega de trinta dias.

Após o trabalho receber dois pareceres, a editoria envia aos autores o resultado por e-mail. Caso necessite revisão, o prazo de entrega é de 15 dias, podendo ser prorrogado caso necessário.

Finalmente, vale ressaltar que é de responsabilidade dos autores realizar a revisão do texto contido no artigo.

Os nomes dos autores somente serão revelados quando o trabalho for publicado.

 

ATENÇÃO: a revista não aceitará envios fora das normas de submissão.

 

MODELOS PARA SUBMISSÕES ONLINE: 

1) Artigo e Resenha

https://drive.google.com/file/d/1wZp_2N3LK2kAizop26UZoFbHiuASbZiZ/view?usp=sharing

2) Nota Técnica

https://drive.google.com/file/d/1YlQd42cUePPqdPPzydq6Wu2G0eK-jhs8/view?usp=sharing

3) Entrevista

https://drive.google.com/file/d/1mPVRmRfOiePdq91oFoICuAO4Ymxkmkbi/view?usp=sharing

 

A IMPESSOALIDADE NO ARTIGO CIENTÍFICO:

https://cienciapratica.wordpress.com/2013/04/23/deve-se-ou-nao-evitar-usar-a-primeira-pessoa-em-linguagem-cientifica/

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao Editor".
  2. Os arquivos para submissão estão em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF (desde que não ultrapassem 2MB)
  3. URLs para as referências foram informadas quando necessário.
  4. O texto está em espaço 1,5 e o resumo em espaço simples; usa a fonte Arial de 12 pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento, como anexos.
  5. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, exposto na seção Sobre a Revista e no Modelo para Submissões Online, exposto ao final do texto Diretrizes para Autores.
  6. A editoria se encarregará de realizar a desidentificação do artigo que será enviado aos avaliadores, uma vez que a nossa avaliação segue o sistema blind review ("avaliação cega").
  7. Havendo mais de quatro autores, incluir no item “Agradecimentos”, no final do artigo uma descrição detalhada da contribuição de cada autor. 
  8. Os autores estão cientes da cobrança de uma taxa de submissão de R$ 50,00 (cinquenta reais) por manuscrito, solicitada no ato de submissão do artigo, a ser paga em um prazo de 3 dias após a submissão. As informações de pagamento estão contidas no email de aviso de recebimento de submissão.

    O não pagamento dessa taxa no prazo estabelecido implicará em imediata rejeição e arquivamento da submissão.

  9. Todos os autores e suas informações foram cadastradas no momento da submissão do artigo, compondo os metadados da plataforma OJS, de onde sairão os dados de autoria do artigo quando da sua publicação.
 

Declaração de Direito Autoral

Os Direitos Autorais dos artigos publicados na revista Revista Internacional de Ciências pertencem ao(s) seu(s) respectivo(s) autor(es), com os direitos de primeira publicação cedidos à RIC.


Os artigos publicados são de acesso público, de uso gratuito, com atribuição de autoria obrigatória, para aplicações de finalidade educacional, de pesquisa de acordo com o modelo de licenciamento Creative Commons 4.0 adotado pela revista.

 

Licença Creative Commons

A Revista Internacional de Ciências utiliza uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.