Cibercultura e educação: uma revisão sistemática da literatura

Sandra Cristina Morais de Souza

Resumo


Este estudo teve o objetivo de analisar a produção científica acerca da cibercultura e da educação. Realizou-se uma revisão sistemática da literatura, com artigos pesquisados no Portal da CAPES (periódicos), a partir dos descritores ‘cibercultura’, ‘cibercultura’ e ‘educação’. O critério de inclusão foram artigos nacionais dos anos de 2010 a 2019 e oriundos de estudos desenvolvidos no Brasil. Os critérios de exclusão foram dissertações, teses e demais textos que não atendiam às expectativas da pesquisa. Por meio desse processo, a amostra final foi constituída de 28 artigos. A análise dos artigos consistiu na leitura dos resumos e, em seguida, na elaboração de um quadro dos dados coletados com informações de cada pesquisa, a saber: título, ano de publicação, autores, revista/periódico. A análise do estudo foi feita qualitativamente. As publicações analisadas descrevem as relações entre a cibercultura e o processo educativo, com destaque para conceitos como: mídia, ciberespaço, comunidade virtual, novas tecnologias, hipertexto, cultura, cultura digital, entre outros. Os estudos ressaltam que o crescimento do conceito de cibercultura está atrelado ao conceito de ciberespaço, que apresenta uma nova dimensão social, resultante de um movimento global em que predomina a conexão em tempo real. O ciberespaço é um espaço de aprendizagem, onde o uso de ferramentas midiáticas se apresenta como um recurso a ser utilizado pelo docente no processo de ensino e aprendizagem.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2022.55310

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional