DESAFIOS DA INTEGRAÇÃO CURRICULAR: A PRÁTICA INTERDISCIPLINAR NOS ESPAÇOS DOS SEMINÁRIOS INTEGRADOS

Tábata Valesca Corrêa, Luís Armando Gandin

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar uma discussão sobre os desafios da integração curricular no contexto do Ensino Médio Politécnico, tendo como foco a prática interdisciplinar e os espaços dos Seminários Integrados. O referencial teórico-metodológico estruturante deste trabalho congrega as Teorias Educacionais Críticas e a Sociologia da Educação, buscando compreender os desafios no campo do currículo a partir das experiências de professores e professoras no contexto de uma política de reforma curricular. Os caminhos metodológicos deste estudo foram orientados por observações, entrevistas e questionários com professores e professoras de uma escola da rede pública estadual do Rio Grande do Sul. Os Seminários Integrados eram o espaço no qual deveria ter havido a integração das áreas do conhecimento em uma perspectiva interdisciplinar. No entanto, a pesquisa evidencia diversos obstáculos para a concretização da integração curricular, entre os quais destacamos a formação docente, as lacunas na própria proposta curricular e a disciplinarização dos Seminários Integrados.


Palavras-chave


Currículo; Integração Curricular; Interdisciplinaridade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2019.45277

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional