INVESTIGANDO DIMENSÕES FORMATIVAS NA PRÁTICA DE ENSINO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Mariana Lima Vilela, Sandra Escovedo Selles, Everardo Paiva Andrade

Resumo


O artigo apóia-se em perspectivas teóricas da Formação Docente e do Currículo, analisando relatórios e depoimentos de licenciandos de Biologia. Dialogando com especificidades dos conhecimentos produzidos na escola e sua relação com saberes da profissão, defende que os espaços curriculares que valorizam a interface entre escola e universidade no período pré-profissional, favorecem o desenvolvimento dos saberes da profissão. Sinaliza a necessidade de integração entre os campos do Currículo e da Formação Docente, no sentido de contribuir para um avanço e superação tanto dos debates que reduzem o processo formativo ao domínio dos conhecimentos específicos de referência, quanto daqueles que identificam a prática dos professores como simples reprodução de conhecimentos produzidos em instâncias externas à escola.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional