AS CULTURAS JUVENIS E A CULTURA CORPORAL DE MOVIMENTO: em busca de interlocução

Marcia Regina Canhoto de Lima, José Milton de Lima

Resumo


Este artigo tem como objeto de estudo as culturas juvenis e a cultura corporal de movimento, voltadas para os jovens-alunos do Ensino Médio. O interesse no tema surgiu a partir da constatação de que são escassos os estudos na área da Educação Física que enfocam os jovens nas escolas. O objetivo central deste estudo é promover uma interlocução entre culturas juvenis, cultura corporal de movimento e a Pedagogia de Paulo Freire, buscando questionar abordagens históricas da Educação Física, pautadas na elitização e na padronização. A própria produção teórica da área, enriquecida com outras abordagens, pode colaborar para a revisão de conteúdos e finalidades e indicar, também, metodologias que favoreçam a participação, a dialogicidade, a formação crítica e a diversidade no contexto escolar.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional