UMA PROPOSTA DE ANÁLISE DO SISTEMA DE ATENÇÃO E ATENDIMENTO ESPECIALIZADO A PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS DO RIO DE JANEIRO COM BASE NO PARADIGMA DA INCLUSÃO

Ana Cristina Barros Cunha, Mauricia dos Reis Leandro, Mariana Alves Gonçalves, Michelly Xavier Nunes Mirailh

Resumo


A inclusão das pessoas com deficiência deve envolver vários níveis e contextos da vida social e educacional dessas pessoas e, assim, instituições de atendimento especializado podem e devem promover essa inclusão. Com base nas políticas inclusivas atuais, o objetivo desse estudo foi propor indicadores de análise do sistema de atenção e atendimento as pessoas com deficiência. Foram analisadas 20 instituições, através de protocolo de observação e registro aplicado em visitas periódicas e entrevistas realizadas com profissionais (psicólogos) utilizando um roteiro semi-estruturado de entrevista. Observou-se que para apenas 6 instituições e 14 profissionais de psicologia, o objetivo dos seus serviços era promover INCLUSÃO, o que, no atual contexto, sugere que o sistema de atendimento às pessoas com deficiência no Rio de Janeiro não está condizente com o paradigma inclusivo atual.

Texto completo:

Texto completo [PDF]

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional