SUCESSO/FRACASSO ESCOLAR: UMA REVISÃO DE PRESSUPOSTOS

Jailson de Souza e Silva

Resumo


Este artigo tem como temas centrais a análise de pressupostos que nortearam o estudo do desempenho escolar de grupos sociais populares, em Sociologia da Educação, e a defesa de um olhar diferenciado sobre as práticas escolares desses setores. Avalia um conjunto de proposições dedicadas ao tratamento do sucesso/fracasso escolar, em particular a vertente pedagógica que se consolida na década de 1980 – identificada, usualmente, como pedagogia crítica.
O autor considera que, em geral, as teorias analisadas trataram os grupos sociais populares a partir de um pressuposto de deficiência – no caso das teorias liberais – ou construíram uma visão monolítica e vitimizante. Ignoraram a heterogeneidade dos setores populares, a capacidade de construírem estratégias diferenciadas e de se relacionarem com a escola a partir de valorações distintas das afirmadas por grupos sociais médios e dominantes.

Palavras-chave


desempenho escolar; grupos sociais populares; teorias pedagógicas

Texto completo:

Texto completo [PDF]

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional