Murilo Mendes na Itália: tradução e bilinguismo

Raphael Khéde

Resumo


Resumo: O trabalho tem como objetivo apresentar a tradução de alguns poemas em italiano de Murilo Mendes, colocando em evidência o contexto no qual o poeta brasileiro entra em contato com a cultura italiana e utiliza o italiano como língua de seu último livro de poesia, Ipotesi, publicado postumamente, em 1977. Serão expostas a dificuldade de se traduzir poesia e a complexidade intrínseca ao bilinguismo: a adoção do italiano por parte do poeta, a partir do português, e a tradução para o português, partindo do italiano.

Palavras-chave: Murilo Mendes. Poesia. Bilinguismo. Tradução.

Abstract: Lo studio si propone di presentare la traduzione di alcune poesie in italiano di Murilo Mendes, mettendo in luce il contesto nel quale il poeta brasiliano entra in contatto con la cultura italiana e utilizza l’italiano come lingua del suo ultimo libro di poesia, Ipotesi, pubblicato postumo nel 1977. Saranno evidenziate la difficoltà di traduzione della poesia e la complessità intrinseca di questo caso di bilinguismo: l’adozione dell’italiano da parte del poeta, partendo dal protoghese, e la traduzione al portoghese, partendo dall’italiano.

Key words: Murilo Mendes. Poesia. Bilinguismo. Traduzione.


Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
A Revista Italiano UERJ está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.


Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Instituto de Letras


Rua São Francisco Xavier, 524, 11° andar, CEP 20559-900, Maracanã, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
E-mail: revistaitalianouerj@gmail.com