Traduzindo o humor multilíngue de Andrea Camilleri

Rafael Ferreira da Silva, Ana Cláudia do Nascimento Araújo

Resumo


RESUMO: Andrea Camilleri é um escritor italiano contemporâneo, cujas obras são traduzidas para mais de 35 idiomas. Sua característica peculiar é escrever em híbrido linguístico, ou seja, misturando idiomas, sempre unindo sua língua de origem, o siciliano, a outras, a nível lexical, morfológico ou sintático, através de vocábulos, afixos ou estruturas. Esta escolha desperta em muitos o questionamento sobre como é possível traduzir seus livros, sem que haja grandes perdas já que a grande variedade em seu repertório demonstra uma consciência linguística e sociolinguística, particularmente precisa e refinada. A sua obra apresenta ainda marcadores bem precisos em vários aspectos. Um deles, sobretudo na coleção Comissário Montalbano, é a comicidade. Este trabalho tem como objetivo analisar a tradução do cômico na obra O Ladrão de Merendas [Il ladro di Merendine]. A pesquisa nasceu da inquietação ao observar a construção das situações risíveis, muitas vezes em híbrido italiano/siciliano e questionar a possibilidade de tradução com seus decorrentes ganhos e suas inevitáveis perdas na reescritura da representação do riso e da identidade cultural siciliana em português brasileiro.

Palavras-chave: Estudos da Tradução. Andrea Camilleri. Identidade e Cultura. Humor. Sociolinguística.

 

ABSTRACT: Andrea Camilleri è uno scrittore italiano contemporaneo le cui opere sono tradotte in più di 35 lingue. La sua caratteristica particolare è quella di scrivere in lingua ibrida, vale a dire, un miscuglio di lingue unendole sempre alla sua lingua d'origine, il siciliano, a livello lessicale, morfologico e sintattico, attraverso le parole, afissi o strutture. Questa scelta suscita molte domande su come sarebbe possibile tradurre i suoi libri, senza grandi perdite in quanto la grande varietà nel repertorio di Camilleri mostra una consapevolezza linguistica e sociolinguistica, particolarmente raffinata e precisa. La sua opera mostra anche marcatori molto precisi in diversi aspetti. Uno di questi, soprattutto nella collezione Commissario Montalbano, è l’umorismo. Questo lavoro si propone di analizzare la traduzione del libro O ladrão de merendas [Il ladro di Merendine]. La ricerca nasce dall’inquietudine di osservare le costruzione di situazioni divertenti, spesso in ibrido italiano/siciliano e mettere in discussione la possibilità di traduzione con i suoi guadagni e le inevitabile perdite nella sua riscrittura della rappresentanza del buffo e dell’identità culturale siciliana in portoghese brasiliano.

Parole-chiave: Traduttologia. Andrea Camilleri. Identità e Cultura. Umorismo. Sociolinguistica.


ABSTRACT: Andrea Camilleri is a contemporary Italian writer whose works are translated into more than 35 languages. Its peculiar characteristic is to write in a linguistic hybrid, that is, mixing languages, always linking its original language, Sicilian, to others, lexical, morphological or syntactic, through words, affixes or structures. This choice awakens in many readers the questioning about how it is possible to translate his books, without great losses since the great variety in his repertoire of Camilleri demonstrates a linguistic and sociolinguistic conscience, particularly precise and refined. His work also shows very precise markers in several aspects. One of them, especially in the collection Inspector Montalbano, is humorism. This work aims to analyze the brazilian translation of the comic in the book O ladrão de merendas [Il ladro di Merendine/The snack thief]. The research was born out of concern when observing the construction of laughable situations, often in Italian / Sicilian hybrid, and questioning the possibility of translation with its resulting gains and its inevitable losses in rewriting the representation of laughter and Sicilian cultural identity in Brazilian Portuguese.

Keywords: Translation Studies. Andrea Camilleri. Identity and Culture. Humor. Sociolinguistics.


Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
A Revista Italiano UERJ está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.


Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Instituto de Letras


Rua São Francisco Xavier, 524, 11° andar, CEP 20559-900, Maracanã, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
E-mail: revistaitalianouerj@gmail.com