LÉXICO E CULTURA: ALGUNS APONTAMENTOS A PARTIR DA TRADUÇÃO DE “FOI ASSIM” DE NATALIA GINZBURG

Edson Roberto Bogas Garcia, Cllaudia Zavaglia

Resumo


RESUMO: Atualmente, os estudos lexicológicos têm demonstrado que as unidades lexicais possuem a fundamental característica de representar a realidade linguística cultural e social de uma determinada comunidade. A partir desse pressuposto, este trabalho tem como objetivo ponderar acerca da importância da seleção lexical na tradução do romance “È stato cosi”, da escritora italiana Natalia Ginzburg, traduzido para o português com o título “Foi assim”. A obra em questão, no caso, é marcada pela maneira de representar a sociedade por meio de um realismo cujas raízes se firmam na angústia existencial do nosso tempo. Serve, portanto, para os pontos a que se propõe esta pesquisa. Com isso, pretende-se, por meio dessa análise, constatar que o resultado de uma tradução eficiente, além de considerar a empatia tradutor-obra, deve, indubitavelmente, levar em consideração os conhecimentos léxico-culturais desse profissional. O processo, assim desenvolvido, é um estudo que proporciona criteriosas descobertas acerca de áreas de pesquisas promissoras as quais podem possibilitar a difusão de obras para que comunidades tenham acesso, cada vez mais, a boas leituras.

Palavras-chave: Léxico. Cultura. Romance italiano. Tradução.

 

ABSTRACT: Lexicological studies have currently shown that lexical units have the fundamental aspect of representing the linguistic, cultural and social reality of a given community. Based on these assumptions, the present work is aimed at reflecting on the relevance of the lexical choices in the translation of “È stato cosi”, a novel by Italian writer Natalia Ginzburg, translated into Portuguese as “Foi assim”. One of the strong features of the novel is the way it represents society through a realism with roots in the existential anxiety of our time. It is, therefore, purposeful to the points this work aims to discuss. Thus, with the analysis proposed, our purpose is to attest that an effective translation, in addition to being the result of the translator-text relationship, undoubtedly reflects the translator’s lexical-cultural knowledge. Also, the result of the analysis might reveal insightful findings related to promising research areas that can contribute to the diffusion of literary works, so that communities have more and more access to good reading.

Key-words: Lexicon. Culture. Italian novel. Translation.


Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
A Revista Italiano UERJ está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.


Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Instituto de Letras


Rua São Francisco Xavier, 524, 11° andar, CEP 20559-900, Maracanã, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
E-mail: revistaitalianouerj@gmail.com