Relações Internacionais, Política Social e Combate à Pobreza

Ana Paula Ornellas Mauriel

Resumo


o artigo objetiva demonstrar como as políticas sociais atuais vemsendo definidas na arena internacional a partir da estrutura das relações internacionaise do contexto de globalização financeira. O combate à pobreza,principal tendência da política social desde as reformas liberalizantes dosanos 1980, aparece como estratégia central de manutenção do atual padrãode acumulação, funcionando como instrumento de regulação dos custos dotrabalho no mercado mundial. Aspectos importantes das relações internacionaissão destacados, onde os Estados aparecem como principais atoresna construção de acordos e regulações internacionais garantidores de umdeterminado tipo de desenvolvimento econômico e social via reformas liberalizantessob a égide da hegemonia norte-americana.

Texto completo:

PDF Sem título ()


DOI: https://doi.org/10.12957/rep.2009.492

 

 

                                              

ISSN: 1414-8609 | e-ISSN: 2238-3786 JournalDOI: http://doi.org/10.12957/rep

Licença Creative Commons