Superexploração e acidentalidade nos desastres da mineração / Over exploitation and accidentality in mining disasters

Daniel de Faria Galvão

Resumo


DOI:10.1590/2179-8966/2021/57853.


Resumo

Os desastres de Mariana e de Brumadinho representam dois dos maiores acidentes laborais da história brasileira. Somados, resultaram na morte de quase trezentos trabalhadores das mineradoras Samarco e VALE e em uma vasta destruição ambiental. Eles se inserem em uma lógica de superexploração do trabalho, ínsita à relação de subserviência dos países latino-americanos aos países centrais. Empregando o método dialético, o presente artigo se valeu da análise bibliográfica e documental como técnicas de pesquisa.

Palavras-chave: Teoria Marxista da Dependência; Extrativismo; Saúde e segurança no ambiente de trabalho.

 

Abstract

The Mariana and Brumadinho disasters represent two of the biggest occupational accidents in Brazilian history. Together, they resulted in the death of nearly three hundred workers at the Samarco and VALE mining companies and in gigantic environmental destruction. They are part of a logic of overexploitation of work, inherent to the relationship of subservience of Latin American countries to central countries. Using the dialectical method, this article used bibliographic and documental analysis as research techniques.

Keywords: Marxist Dependency Theory; Extractivism; Health and safety in the workplace.


Palavras-chave


Teoria Marxista da Dependência; Extrativismo; Saúde e segurança no ambiente de trabalho / Marxist Dependency Theory; Extractivism; Health and safety in the workplace.

Texto completo:

PDF
';



Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Rua São Francisco Xavier, 524, S-E - Maracanã - Rio de Janeiro (RJ), Brasil - CEP: 20.550-013 - Email: 
direitoepraxis@gmail.com - ISSN: 2179-8966