A construção da identidade profissional na adultez em emergência: narrativas de uma jovem sobre o ser estudante e trabalhadora

Ana Paula Carlucci, Silviane Bonaccorsi Barbato, Olgamir Francisco de Carvalho

Resumo


Os jovens dos países industrializados participam de contextos socioculturais em constante transformação e incertezas que demandam a construção de novas ações e significados referentes aos posicionamentos-eu. Para compreendermos as mudanças na adultez em emergência, analisamos um estudo de caso que compõe um projeto integrado de pesquisa, que objetivou entender a construção de significados e de posicionamentos sobre ser jovem, estudante e trabalhador no Distrito Federal. A estudante participou de cinco sessões de entrevistas: a) entrevista individual semi-estruturada; b) episódica seguida por entrevista com mediação de objetos; c) mediada por atividade escrita de complementação de frases; d) mediada por construção de linha do tempo; e) mediada por imagens. Aplicou-se a análise dialógica temática. Os resultados indicaram que a identidade profissional da participante foi construída na tensão entre os diferentes  posicionamentos e significados na relação escola-trabalho, nos quais os marcadores temporais presentes relacionados ao evento de impacto nas narrativas direcionaram o seu vetor de desenvolvimento para novas formas de pensar, sentir e agir próprias da adultez.

Palavras-chave


Adultez em emergência; Identidade profissional; Significados; Posicionamentos

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2011.8395

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com