COISA JULGADA VIOLADORA DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL: OS IMPACTOS DA RELATIVIZAÇÃO DA COISA JULGADA NO EXERCÍCIO DA JURISDIÇÃO CONSTITUCIONAL

Fabiana Marcello Gonçalves

Resumo


O estudo em tela se baseia em análises gerais acerca da coisajulgada inconstitucional e da jurisdição constitucional, a fim de, posteriormente,estabelecer uma relação entre estas. Dessa forma, tornar-se-á viável investigar apossibilidade de incidência da jurisdição constitucional posteriormente à formação de coisasoberanamente julgada, notadamente em casos de sentenças inconstitucionais desde a sua origem. Em síntese, o que se pretende é realizar um embate entre a preservação da integridade constitucional e a segurança jurídica, de forma a aferir se é possível, em nome da supremacia da Constituição Federal, violar a coisa julgada previamente formada.

Palavras-chave


coisa julgada inconstitucional, jurisdição constitucional, coisa soberanamente julgada, integridade constitucional, segurança jurídica.

Texto completo:

PDF


REVISTA ELETRÔNICA DE DIREITO PROCESSUAL - REDP

 

Campus Maracanã, Pavilhão João Lyra Filho, 7º andar

Bloco F, sala 7123. Rio de Janeiro/RJ. Brasil

Telefones: (21) 2334-0072 ou 2334-0312. E-mail: fhrevistaprocessual@gmail.com