Do entregador de informação a mediação pedagógica por meio das TDIC na educação híbrida: um estudo de caso de professores da educação básica

Tânia Noemia Rodrigues Braga, Karine Pinheiro Souza

Resumo


O artigo versa sobre uma nova abordagem pedagógica denominada ensino híbrido que propõe o atendimento dos alunos em suas necessidades individuais e interesses com utilização das TDIC. É a ‘personalização do ensino’, tendo como foco o aprendiz, com ênfase na aprendizagem. A pesquisa bibliográfica baseia-se em: Horn & Staker (2015), Bacich et al (2018), Netto (2005), Valente (2014), etc. O objetivo é apresentar modelos do ensino híbrido, tendo em vista a personalização do ensino para promover uma aprendizagem centrada no aluno e explana sobre mediação pedagógica. O método escolhido foi hipotético-dedutivo, empregando a abordagem qualitativa, coleta informações de um estudo de caso em escolas do ensino médio. A partir de um dos eixos da análise de dados: metodologia do ensino híbrido, seus modelos e personalização, percebeu-se que são necessárias mudanças na formação inicial dos docentes, e há necessidade de formação contínua, para uma compreensão do processo de aprendizagem, que se revela de muita importância. Isso implica na mudança de programas, de currículos mais flexíveis e horários adaptados às condições dos alunos, respeitando seu ritmo individual, contribuindo para um ambiente de aprendizado eficiente, para concretização do ensino híbrido e personalização do ensino, criando condições favoráveis para  desenvolvimento de práticas pedagógicas Docentes adquirem papéis diferentes, não serão entregadores de informações, e sim mediadores entre o conhecimento e alunos. Acredita-se que as escolas avançarão rumo a um novo paradigma da educação, em que a presença do EH mediado pelas TDIC vai permear ações educativas, garantindo qualidade de ensino e melhores resultados na aprendizagem.

 


Palavras-chave


Educação híbrida. Mediação pedagógica. Ensino personalizado.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVARENGA, Estelbina Miranda de. Metodologia da investigação quantitativa e qualitativa: normas técnicas de apresentação de trabalhos científicos. 2 ed. 1ª reimpressão – Assunção: A 4, 2012.

BACICH, Lilian; TANZI NETO, Adolfo; TREVISANI, Fernando M. Ensino Híbrido: personalização e tecnologia na educação. Porto Alegre: Penso, 2015.

BELLONI, Maria Luiza. O que é mídia-educação. Campinas, SP: Autores Associados, 2001, 78 v. (Coleção polêmicas do nosso tempo).

BOGDAN, Robert C.; BIKLEN, Sari Knopp. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Tradutores: Maria João Alvarez, Sara Bahia dos Santos e Telmo Mourinho Baptista. Portugal: Porto Editora Ltda, 1994.

CASTRO FILHO, José Aires. Objetos de aprendizagem e sua utilização no ensino de matemática. Disponível em: . Acesso em: 05 dez. 2020.

HORN, Michael B.; STAKER, Heather. Blended: usando a inovação disruptiva para aprimorar a educação. [tradução: Maria Cristina Gularte Monteiro; revisão técnica: Adolfo Tanzi Neto, Lilian Bacich]. Porto Alegre: Penso, 2015.

______________, Classifying K-12 blended learning. Disponível em: . Acesso em: 12 set. 2020.

LAKATOS, Eva Maria e MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. – São Paulo: Atlas, 2003.

LÜDKE, Menga; ANDRÉ, Marli E.D.A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

MASETTO, Marcos T. Mediação pedagógica e o uso da tecnologia. 7. ed. Campinas, SP: Papirus, 2003, págs.133-173.

MORAES, Maria Cândida. O paradigma educacional emergente. 1996. Disponível em: . Acesso em: 5 agosto 2020.

MORAN, José Manuel. A educação que desejamos: novos desafios e como chegar lá. 5ª. ed. Campinas, SP: Papirus, 2012 – (Papirus Educação).

NETTO ALVIM, Antônio de Oliveira. Novas tecnologias & universidade: da didática tradicionalista à inteligência artificial: desafios e armadilhas. Petrópolis, RJ: Vozes, 2005.

PALLOF, Rena M.; PRATT, Keith. Lições da sala de aula virtual: as realidades do ensino on-line. Tradução: Fernando de Siqueira Rodrigues; Revisão técnica: Régis Tractenberg, 2. ed. – Porto Alegre: Penso, 2015.

SAVIANI, Dermeval. Pedagogia Histórico-Crítica: primeiras aproximações. Campinas: Autores Associados, 2008.




DOI: https://doi.org/10.12957/redoc.2021.57472

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexação:

           


 

Google Acadêmico::

 

(Citações /Métricas)

 

Visualizações:

 


Licença:

  Esta obra está licenciada com uma Licença  Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.