Migration and urban sclerosis: an analysis for Minas Gerais (1991-2010) / Migração e esclerose urbana: uma análise para Minas Gerais (1991-2010)

Suzana Quinet de Andrade Bastos, Sandro de Freitas Ferreira, Ana Clara de Almeida Teixeira Fernandes

Resumo


Abstract

This research analyzes at a descriptive and exploratory level the relationship between immigration rate and a set of socioeconomic variables characterizing "urban sclerosis", as defined by Moore (1997), in the minimum comparable areas (AMCs) between 1991 and 2010. In addition to the delimitation of ad hoc groups of AMCs propose the multivariate analysis of clusters for the definition of natural clusters, based on those variables, and the discriminant analysis to validate these natural groups in the investigation of the presence of urban sclerosis. It is not possible to show that in the AMCs with the highest immigration rates the deterioration of socioeconomic indicators is present; either under ad hoc classification or under multivariate classification. The research seeks to contribute to the ongoing debate about the net effects of excess immigration, especially regarding the classification of observation units in terms of immigration rate.

Keywords: immigration, urban sclerosis, socioeconomic determinants, ad hoc clusters, multivariate methods.

 

Resumo

Esta pesquisa analisa em nível descritivo e exploratório a relação entre taxa de imigração e um conjunto de variáveis socioeconômicas caracterizadoras da “esclerose urbana”, conforme definida por Moore (1997), nas áreas mínimas comparáveis (AMCs) mineiras entre 1991 e 2010. Além da delimitação de agrupamentos ad hoc de AMCs propõe-se a análise multivariada de cluters para a definição de agrupamentos naturais, baseados naquelas variáveis, e a análise discriminante para validar esses grupos naturais, na averiguação da presença de esclerose urbana. Não é possível evidenciar que nas AMCs com as maiores taxas de imigração esteja presente a deterioração de indicadores socioeconômicos; quer sob a classificação ad hoc, quer sob a classificação por métodos multivariados. A pesquisa procura contribuir para o contínuo debate acerca dos efeitos líquidos do excesso imigratório, especialmente quanto à classificação das unidades de observação em termos de taxa de imigração.

Palavras-chave: imigração, esclerose urbana, deterioração de indicadores socioeconômicos, agrupamento ad hoc, métodos multivariados.

 


Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/rdc.2022.64977

Direitos autorais 2022 Revista de Direito da Cidade

Esta licença permite que outros distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho, mesmo para fins comerciais, desde que lhe atribuam o devido crédito pela criação original: (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

 

Indexada em | Indexed by: 

Directory of Open Access JournalsResultado de imagem para "ebsco"Resultado de imagem para scilit

http://www.journaltocs.ac.uk/API/blog/images/journaltocslogo.jpgResultado de imagem para suncatResultado de imagem para "American Association for the Advancement of Science"LA ReferenciaResultado de imagem para lexis nexis

 

 

Ver outras indexações da Revista

Periódico associado | Associated journal:

Associação Brasileira de Editores Científicos – ABEC

 

Revista de Direito da Cidade
Endereço: Rua São Francisco Xavier, 524, Sala 7027 B – Maracanã – Rio de Janeiro – RJ Cep 20550-900
Telefone: (21) 23340823
email: revistadedireitodacidadeuerj@gmail.com