INTERAÇÃO ENTRE RENTABILIDADE E LIQUIDEZ: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO

Renê Coppe Pimentel, Roberto Braga, Silvia Pereira de Castro Casa Nova

Resumo


Resumo

O presente artigo teve o objetivo de examinar a relação entre rentabilidade e liquidez para um grupo de empresas no Brasil, do setor de Comércio Varejista, no período de 2000 a 2003.
A hipótese levantada por Hirigoyen (1985), que serviu de motivação para o presente estudo, foi que, no médio e longo prazos, a rentabilidade e liquidez assumiriam relação positiva,
contrariando o que ocorre no curto prazo, onde se verifica um conflito entre os indicadores. Partindo das informações contábeis das empresas da amostra, com base em procedimentos estatísticos, essa relação foi examinada, sendo
proposta, para tanto, uma distinção entre empresas com alta rentabilidade e liquidez, em contraposição a outras em situação oposta. Os resultados mostraram uma correlação negativa
entre liquidez e rentabilidade, no curto prazo. No entanto, nos médio e longo prazos, o resultado contrariou a hipótese de Hirigoyen (1985), indicando a predominância de empresas em que quanto maior a rentabilidade, menor o índice de
liquidez corrente e vice-versa. Assim, a se julgar por esses resultados, as empresas enfrentariam um dilema entre liquidez e rentabilidade tanto a curto, quanto médio prazo. O estudo teve natureza exploratória e suas conclusões restringem-se ao grupo de empresas e aos períodos examinados.

Palavras-chave: Finanças Corporativas; Análise Financeira; Rentabilidade; Liquidez

ABSTRACT


The aim of this article was to examine the relation between profitability and liquidity of a group of companies, of the sector of retail trade, in Brazil, from 2000 to 2003. The hypothesis
raised from Hirigoyen (1985), which motivated the present study, was that in medium and long run, profitability and liquidity would assume positive correlation, in contrary of what occurs in short term, where a conflict between the ratios
can be verified. Using the accounting information of the companies of the sample, on the basis of statistical procedures, this relation was examined, suggesting therefore a distinction
between companies with high profitability and liquidity and other companies in opposing situation. The results show that it is possible to verify negative correlation between liquidity and
profitability in short term. However, in medium and long run, the results oppose the hypothesis of Hirigoyen (1985), indicating the predominance of companies with opposite ratios even in medium run. Thus, if judging by these results,the companies would face a dilemma between liquidity and profitability either in short, medium or long period. The study had an exploratory nature and its conclusions are restricted to the group of companies and to the periods examined.

Keywords: Corporate Finance; Financial Analysis; Profitability; Liquidity.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12979/rcmccuerj.v10i2.5599



ISSN da versão on-line (atual): 1984-3291
Periodicidade: Quadrimestral
Classificação CAPES: A3

DOAJ