ORÇAMENTO DE CAPITAL: ANÁLISE CRÍTICA E SUGESTÕES PARA O USO DO CUSTO MARGINAL PONDERADO DE CAPITAL EM DECISÕES DE INVESTIMENTO

Marcio Araujo Resende, José Ricardo Maia de Siqueira, Rosilene Matos Domingues, Jorge Candido de Almeida

Resumo


Resumo

Em um ambiente de recursos escassos, os administradores financeiros têm a incumbência de selecionar projetos que representem a maior agregação de valor para a empresa, a fim de atingir um objetivo fundamental: a maximização
de riqueza do acionista. Para a escolha dos projetos, vários autores, mencionados neste trabalho, apontam em direção à utilização da abordagem do custo marginal ponderado de
capital (CMaPC), que se baseia no confronto das taxas internas de retorno decrescentes, de várias alternativas de investimento, com o custo de capital crescente da companhia. Este enfoque é importante, pois estabelece uma relação direta
entre retorno dos projetos e custo de capital. Todavia, através da simulação desenvolvida neste trabalho, pode-se constatar que a referida abordagem apresenta algumas limitações, dentre
elas a consideração da escala dos projetos. Este artigo tem como objetivo demonstrar que a abordagem do CMaPC deve ser usada com cautela, ensejando alguns ajustes, tendo em vista que a interpretação equivocada dos resultados
auferidos pode levar à seleção de projetos, que não maximizem a riqueza dos acionistas, em detrimento de outros, que atinjam esta finalidade. 

Palavras-chaves: Custo Marginal Ponderado de
Capital; Taxa Interna de Retorno; Custo de Capital


ABSTRACT

In an environment of scarce funds, the Chief Finance Officers have to select the projects that will aggregate more value to the company, looking for an essencial goal: the maximization
of the shareholders wealth. Many authors, mentioned in this paper, indicate the use of the marginal weighted cost of capital approach, which is based in the confrontation of the
decreasing internal rates of return with the rising cost of capital of the company, to choose the better projects among some investiment alternatives. This focus is important, because it
relates directly the return of the projects and the cost of capital. However, it can be verified, throughout the simulation presented in this paper, that the mentioned approach has some
limitations. The purpose of this work is to demonstrate that the marginal weighted cost of capital approach has to be used with caution, needing some adjustments, because the wrong
interpretation of the results can lead to selection of projects that won’t increase the shareholders wealth in detriment of others that reach this goal. 

Keywords: Marginal Weighted Cost of Capital; Internal Rate of Return; Cost of Capita.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12979/rcmccuerj.v10i2.5597



ISSN da versão on-line (atual): 1984-3291
Periodicidade: Quadrimestral
Classificação CAPES: A3

DOAJ