A PRESENÇA DO CORO EM UMA TRAGÉDIA DE SÊNECA

Vanda Santos Falseth

Resumo


O gênero trágico conheceu um tempo de declínio ao longo do primeiro
século antes de nossa era, acentuado, particularmente, pelo desinteresse de
Augusto. Na dinastia claudiana, contudo, reaparece desenvolvido por uma nova
figura: Sêneca. Embora inspirado nos tragediógrafos áticos, Sêneca revela originalidade,
sobretudo nos cânticos corais que entremeiam os episódios das tragédias,
muito diferentes dos coros presentes nas peças gregas, como se pode observar
em Medéia.

Palavras-chave


tragédia; coro; Sêneca; Medéia

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

e-ISSN 2358-7326 | ISSN: 1415-6881

Indexado em:


Licença Creative Commons
A Principia utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.