AS LINHAS E AS CORES DA HISTÓRIA

Mary Murashima

Resumo


Uma leitura da raízes históricas da relação entre pintura e retórica, no seio do
discurso clássico, desde a marginalização da imagem na metafísica platônica até a
dessublimação da idéia de belo – via influência aristotélica –, chegando ao Ut pictura poesis,
de Horácio, tendo em vista a revisitação dos conceitos de história-arte e história-ciência à luz
da arqueologia foucaultiana, por meio da comparação entre o quadro A Fábula de Aracne, de
Diego de Velázquez, e o livro VI das "Metamorfoses", de Ovídio.

Palavras-chave


Pintura; Poesis; História

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

e-ISSN 2358-7326 | ISSN: 1415-6881

Indexado em:


Licença Creative Commons
A Principia utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.