TÓPICOS ESPECIAIS A RESPEITO DA RETÓRICA CLÁSSICA

Luciene de Lima Oliveira

Resumo


Para obter a persuasão de seus semelhantes, o homem busca meios de aperfeiçoar a linguagem, a fim de que outros componentes da sociedade sejam influenciados e, por conseguinte, convencidos, de modo a criar uma cumplicidade entre ambos: o enunciador / o enunciatário. O uso da retórica é uma constante na história das sociedades as mais diversas. Os homens, ao interagirem, empregaram a linguagem de modo eloquente, buscando se entender e conseguir o assentimento uns dos outros, antes mesmo da existência de tomarem a si a tarefa de ensinar, elaborar teorias e escrever obras de retórica.  Desse modo, o presente artigo tem por escopo tecer comentários sobre as possíveis origens e funções da retórica, além de outras informações como, por exemplo, a relação entre a retórica e o cristianismo.


Palavras-chave


Retórica; Persuasão; Discursos; Cristianismo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/principia.2020.55870

Direitos autorais 2020 Luciene de Lima Oliveira

e-ISSN 2358-7326 | ISSN: 1415-6881

Indexado em:


Licença Creative Commons
A Principia utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.