O PITAGORISMO OVIDIANO E A DESCONSTRUÇÃO DOS DEUSES GRECO-ROMANOS NO “RAPTO DAS SABINAS”

Luiz Fernando Dias Pita

Resumo


Análise da presença dos valores pitagóricos em Ovídio, manifestados através de
procedimentos utilizados pelo poeta durante a construção da narrativa dos Fastos. Tais
procedimentos são nitidamente perceptíveis em trecho selecionado do livro III da
referida obra, onde se evidencia a intencionalidade do poeta na desconstrução e
esvaziamento das características dos deuses do panteão greco-romano e a valorização
do ser humano em uma postura em colisão com o pensamento oficial propugnado por
Augusto.

Palavras-chave


Ovídio, Fastos, Pitagorismo; Milotogia Romana; Historiografia Romana.



Direitos autorais

e-ISSN 2358-7326 | ISSN: 1415-6881

Indexado em:


Licença Creative Commons
A Principia utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.