A POPULAÇÃO COM DEFICIÊNCIA E SEU STATUS EDUCACIONAL NA ÍNDIA

C M Lakshmana, I Maruthi

Resumo


De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), os deficientes são privados de todas as oportunidades de desenvolvimento social e econômico. Cerca de 400 milhões de pessoas com deficiência vivem no mundo em desenvolvimento. As instalações básicas, como saúde, educação e emprego são negadas a essa parte vulnerável da população. Cerca de 70%  dos deficientes estão desempregados. De acordo com o Censo de 2011, a população total da Índia é de 1,23 bilhão de habitantes, na qual cerca de 2,1% (mais de 21 milhões de pessoas) sofrem de um ou outro tipo de deficiência. No entanto, o presente artigo enfoca a questão da deficiência e seu status educacional na Índia. Uma análise de estado-sábio foi feita para o estudo para entender a variação regional. Em todos os estados, o maior número de pessoas com deficiência é relatado em  Uttar Pradesh, Maharashtra Andhra Pradesh, Bihar, Bengala Ocidental e Madhya Pradesh. Os dados do censo disponíveis foram usados para examinar a proporção de incapacidade e seu status educacional na Índia nas duas últimas décadas. O estudo constatou que, em um período de tempo, entre pessoas com deficiência, não apenas o status educacional da população com deficiência melhorou durante a década em análise, mas também aumentou o percentual de alfabetizados entre a população deficiente femininae masculina e o seu status, em níveis educacionais mais altos, também melhorou consequentemente.


Palavras-chave


população com deficiência; alfabetização; estado educacional; ensino superior; Índia; visão geral da decada

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/periferia.2018.33004

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil  

Revista Periferia, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação, Cultura e Comunicação em Periferias Urbanas – PPGECC/UERJ - ISSN: 1984-9540