LIMA BARRETO E O VIÉS DO REALISMO POPULAR NA LITERATURA BRASILEIRA

Maria Cristina BATALHA

Resumo


Resumo:

O artigo objetiva mostrar que a ficção de Lima Barreto, com sua proposta literária crítica e popular, acena esteticamente para um viés inexplorado na representação realista da realidade brasileira, em continuidade à obra Memórias de um sargento de milícias, caminho interrompido pela eclosão da Semana de Arte Moderna em 1922, marcado pelo vanguardismo estético-formal, e que é retomado por Lima Barreto em sua obra. O escritor traz de volta uma tradição realista autenticamente nacional. Na fase anterior ao movimento de 22, duas posturas se delineavam entre os escritores precursores da Semana: uma postura de exclusão, entendida como rompimento inconteste com a estética tradicional, que acaba por operar a substituição de um modelo por outro; e uma outra, de inclusão, representada pela ficção de Lima Barreto, que é a de incorporação da estética popular e da cultura periférica e suburbana.

Palavras-chave: cultura popular. realismo nacional popular. Cultura periférica.

Abstract:

The article aims at showing that Lima Barreto‟s fiction, with its popular and critical literary project, waves aesthetically to an untrodden path in the realistic representation of Brazilian reality, giving continuation to the work Memórias de um sargento de milícia, a path interrupted by the outbreak of the Modern Art Week in 1922, marked by the formal-aesthetic vanguardism, and which is reassumed by Lima Barreto in his work. The writer brings back a truly national realistic tradition. In the previous phase of the movement 22, two positions were delineated among the forunners of the Week: first, a stance of exclusion, understood as an undeniable breakup with traditional aesthetics, which ultimately operated as the replacement of a model by another, and the second, a position of inclusion, represented by the fiction of Lima Barreto, which is the incorporation of popular aesthetics and of peripheral and suburban culture.

Keywords: popular culture. National popular realism. Peripherical culture.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/pr.2012.4802

Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista na BASE Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista no Google Scholar Pensares em Revista no Latindex Pensares em Revista no Livre Logo do Periódicos CAPES

 

R. Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato, São Gonçalo - RJ, CEP: 24435-005