ESCRAVIDÃO COMO IDENTIDADE: OS MAMELUCOS TURCOS NO EGITO MEDIEVAL

Annie Venson Bogoni

Resumo


O presente artigo trata da questão da escravidão militar no Islã e como os mamelucos fizeram desta condição uma exclusividade da elite local e da posição de sultão. Identificamos também características como o uso da língua turca, a lealdade pessoal dos exércitos ao seu senhor e a imagem de guerreiros como pilares da identidade mameluca, a partir do imaginário muçulmano.


Palavras-chave


Escravidão militar; Egito; Islã; Mamelucos; Identidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/nearco.2020.50710

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 NEARCO - Revista Eletrônica de Antiguidade e Medievo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.