Política externa para a América do Sul e polarização partidária: uma análise do comportamento eleitoral do PSDB e do PT (2003-2010) / Foreign policy toward South America and parties’ polarization: an analysis of PSDB and PT stances’, along the government

Leandro Gavião

Resumo


O presente artigo visa mapear os discursos e a distinção entre posicionamentos no que concerne à agenda de política externa das duas principais agremiações políticas brasileiras: o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), e o Partido dos Trabalhadores (PT). Mais precisamente, examinar-se-á os argumentos de membros vinculados a ambos os partidos, no que tange às relações com os Estados sul-americanos, enfatizando as divergências ocorridas em ambiente de disputa eleitoral pela Presidência da República. O processo de politização da política externa e seus desdobramentos para as relações interamericanas são os temas centrais deste texto. Buscar-se-á compreender como e por que a diplomacia adquiriu importância eleitoral nos últimos anos e, a despeito da imprecisão quanto à possibilidade de atrair o eleitorado médio, converteu-se em assunto ubíquo em debates presidenciais e em editorais de veículos midiáticos de grande abrangência.

ABSTRACT

This paper aims to map out the discourses and the distinction between the stances of the two major Brazilian political bodies concerning the foreign policy agenda: The Brazilian Social Democracy Party (PSDB), and The Workers' Party (PT). More precisely, the arguments of members linked with both parties will be explored with regard to the relations with the South American states, emphasizing the divergences that took place in electoral race environment to the republic presidency. The foreign policy politicization process and its unfolding to Inter-American relations are the central theme of this text. It will seek to the comprehension of the reasons and ways diplomacy achieved electoral importance in recent years and, despite of a lack of precision with the possibility of medium electorate attraction, diplomacy converted itself into a ubiquitous subject in presidential debates and in editorials from media vehicle with wide coverage.

Palavras-chave: política externa brasileira, partidos políticos, América do Sul.

Keywords: Brazilian foreign policy, political parties, South America.

DOI 10.12957/rmi.2014.7400

Recebido em 11 de setembro de 2013 / Aceito em 21 de novembro de 2013.

Received on September 11, 2013 / Accepted on November 21, 2013.

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/rmi.2014.7400



Direitos autorais

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Revista Mural Internacional | e-ISSN 2177-7314

PPGRI - Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais

Rua São Francisco Xavier, 524, Pavilhão - João Lyra Filho, 9ºandar, Bloco F, sala 9037, Maracanã, Rio de Janeiro, RJ - Cep: 20550-013 - Tel. fax: (021) 2334 0678 /// E.mail –ppgri.revista@gmail.com