Regionalismos e Cooperação em Saúde: a experiência da Unasul | Regionalism and Health Cooperation: the Unasur experience

Maria Isabel Santos Lima, María del Carmen Villarreal Villamar

Resumo


O objetivo deste trabalho é analisar a Unasul-saúde visando compreender suas características, seu legado e os elementos que a diferenciam de outras experiências regionais de cooperação no âmbito da saúde. A partir de uma pesquisa qualitativa, nosso trabalho evidencia que, no marco do regionalismo pós-liberal, a Unasul aprofundou a cooperação política e social e adotou uma perspectiva baseada na promoção do desenvolvimento, da autonomia e da soberania regional. Apesar de diversas limitações, este enfoque permitiu que a Unasul-saúde fosse além das experiências prévias para se tornar o exemplo de cooperação e diplomacia da saúde mais avançado a nível regional.

Palavras-chave: Regionalismos, saúde, Unasul.

 

ABSTRACT

The aim of this paper is to analyze the Unasur-health in order to understand its characteristics, its legacy and the elements that differentiate it from other regional experiences of cooperation in health. Based on qualitative research, our work shows that, within the framework of post-liberal regionalism, Unasur has deepened political and social cooperation and adopted a perspective based on the promotion of development, autonomy, and regional sovereignty. Despite several limitations, this approach allowed Unasur-health to go beyond previous experiences to become the most advanced example of health cooperation and diplomacy at the regional level.

Keywords: regionalism, health, Unasul.

 

Recebido em: 20 abr. 2021 | Aceito em: 22 set. 2021.


Palavras-chave


Regionalismos; Saúde; Unasul

Texto completo:

PDF

Referências


Almeida, C. (2017) "Saúde, Política Externa e Cooperação Sul-Sul". In: Buss, P.; Tobar, S. (Eds.). Diplomacia em Saúde e Saúde Global: perspectivas latino-americanas. Rio de Janeiro: Fiocruz, pp. 41–86.

Basile, G. (2019) "La Salud del proceso de integración regional: el caso UNASUR Salud ¿soberanía o dependencia sanitaria?" III Dossier de Salud Internacional Sur Sur. Ediciones GT Salud Internacional CLACSO.

Börzel, T. A.; Risse, T. (2016) "Introduction". In: Börzel, T. A.; Risse, T. (Eds.). The Oxford Handbook of Comparative Regionalism. [s.l.] Oxford University Press, p. [n.p.].

Briceño Ruiz, J.; De Lombaerde, P. P. (2018) "Regionalismo latino-americano: produção de saber e criação e importação de teoria". Civitas - Revista de Ciências Sociais, 18(2), p. 262–284.

Buss, P. et al. (2017a) "Governança Global e Regional e a Saúde". In: Buss, P.; Tobar, S. (Eds.). Diplomacia em Saúde e Saúde Global: perspectivas latino-americanas. Rio de Janeiro: Fiocruz, p. 281–348.

Buss, P. et al. (2017b) "A Saúde nos Processos de Integração Regional da América Latina e Caribe". In: BUSS, P.; TOBAR, S. (Eds.). Diplomacia em Saúde e Saúde Global: perspectivas latino-americanas. Rio de Janeiro: Fiocruz, p. 421–486.

Buss, P.; Ferreira, J. R. (2011) "Cooperação e integração regional em saúde na América do Sul: a contribuição da Unasul-Saúde". Ciência & Saúde Coletiva, 16(6), p. 2699–2711.

Buss, P.; Tobar, S. (2017) "Apresentação". In: BUSS, P.; TOBAR, S. (Eds.). Diplomacia em Saúde e Saúde Global: perspectivas latino-americanas. Rio de Janeiro: Fiocruz, p. 23–40.

Campos, R.D.F.; Dallari, S.G. (2016) "Instituições Internacionais de Saúde no Contexto Sub-Regional". Cadernos Ibero-Americanos de Direito Sanitário, 5(1), p. 179.

Campos, R.F. (2018) A cooperação internacional para o fortalecimento do direito à saúde: as estratégias da União das Nações Sul-americanas (Unasul). Universidade de São Paulo.

Funag. (2005) América do Sul: Primeira Reunião de Chefes de Estado da Comunidade Sul-Americana de Nações. Brasília: FUNAG.

Galeano, D.; Trotta, L.; Spinelli, H. (2011) "Juan César García y el movimiento latinoamericano de medicina social: notas sobre una trayectoria de vida". Salud Colectiva, 7(3), p. 285–315.

Gil, A.C. (2002) Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas.

Herrero, M.B.; Loza, J.; Belardo, M.B. (2019) "Collective health and regional integration in Latin America: An opportunity for building a new international health agenda". Global Public Health, 14(6–7), p. 835–846.

Herz, M.; Hoffmann, A. R. (2004) "Integração Regional". In: Organizações Internacionais: história e práticas. Rio de Janeiro: Elsevier. p. 167–222.

Hettne, B. (2002) "The Europeanisation of Europe: Endogenous and Exogenous Dimensions". Journal of European Integration, 24(4), p. 325–340.

Hettne, B.; Söderbaum, F. (2000) "Theorising the Rise of Regionness". New Political Economy, 5(3), p. 457–472.

Isags. (2011) Estatutos del Instituto Suramericano de Gobierno en Salud.

Nolte, D. (2019) "Lo bueno, lo malo, lo feo y lo necesario: pasado, presente y futuro del regionalismo latinoamericano". Revista Uruguaya de Ciencia Política, 28(1), 131-156.

Oliveira Cruz, D.A.M. (2020) "Os rumos da integração regional no subcontinente: da UNASUL ao PROSUL, o que mudou?". Revista de Geopolítica, 11(4), p. 111–122.

Oliveira, B.N.L. (2019) Acesso a medicamentos e Cooperação Sul-Sul: um estudo de caso das negociações conjuntas de preços de medicamentos de alto custo na América do Sul. Fundação Oswaldo Cruz.

Pereira, E.M.B. (2016) "Saúde Global e Diplomacia da Saúde: interfaces da saúde com o direito e as relações internacionais". Mural Internacional, 7(1), p. 63–74.

Riggirozzi, P. (2014) "Regionalism through social policy: collective action and health diplomacy in South America". Economy and Society, 43(3), p. 432–454.

Riggirozzi, p.; Tussie, D. (2012) "The Rise of Post-Hegemonic Regionalism in Latin America". In: RIGGIROZZI, P.; TUSSIE, D. (Eds.). The Rise of Post-Hegemonic Regionalism. The case of Latin America. Dordrecht: Springer Netherlands, p. 1–16.

Roa, A.C.; Santana, J.P. (2011) "Saúde e integração regional na América Latina". 3° Encontro Nacional Abri, n. 3.

Rodrigues, R. (2019) A Política Externa Brasileira na Cooperação Sul-Sul em Saúde: a Rationale da Descontinuidade entre 2003 e 2016. Universidade Estadual do Rio de Janeiro.

Romero, C. et al. (2020) "Geopolítica sudamericana del coronavirus". Nueva Sociedad, Sección Diálogo y Paz.

Rosenberg, F.; Tobar, S.; Buss, P. (2015) "El papel de los institutos nacionales de salud de UNASUR en la generación de evidencia sobre la determinación social de la salud". Revista Panamericana de Salud Pública, 38(2), p. 152–156.

Ruvalcaba, D.E.M.; Valencia, A.R. (2012) "Construcción de la Unión de Naciones Suramericanas-UNASUR". Yuyaykusun, v. 5, p. 31–64.

Sanahuja, J. A. (2012) "Regionalismo post-liberal y multilateralismo en Sudamérica: El caso de UNASUR". In: SERBIN, A.; MARTÍNEZ, L.; RAMANZINI JÚNIOR, H. (Eds.). El regionalismo “post–liberal” en América Latina y el Caribe: Nuevos actores, nuevos temas, nuevos desafíos. Buenos Aires: CRIES. p. 19–72.

Saraiva, M. G. (2013) "Novas abordagens para análise dos processos de integração na América do Sul: o caso brasileiro". Carta Internacional, 8(1), 03–21.

Söderbaum, F. (2003) "Introduction: Theories of New Regionalism. In: SÖDERBAUM, F.; SHAW, T. M. (Eds.). Theories of New Regionalism. 1. ed. Londres: Macmillan Education UK, p. 1–21.

Souza, L.E.S. (2018) O Brasil e o regionalismo sul-americano: o papel da UNASUL na política externa do governo Rousseff (2011-2016). Universidade de Brasília.

Unasul. (2008) Tratado Constitutivo da União de Nações Sul-Americanas.

Unasur-Salud. (2009a) Resolución no 07/2009 del Consejo de Salud de Unasur.

Unasur-Salud. (2009b) Resolución no 05/2009 del Consejo de Salud de Unasur.

Unasur. (2008) Decisión para el Establecimiento del Consejo de Salud Suramericano de la Unasur.

Van Klaveren, A. (2020) "La crisis del multilateralismo y América Latina". Análisis de la Fundación Carolina, n.10.

Veiga, P. da M.; Rios, S. P. (2007) O regionalismo pós-liberal, na América do Sul: origens, iniciativas e dilemas. Santiago do Chile: CEPAL.

Ventura, D.F.L. (2013) "Saúde pública e política externa brasileira". Sur - Revista Internacional de Direitos Humanos, 10(19), p. 99–117.

Villarreal, M.; Castells, D. (2020) "Más allá del Covid-19. Efectos y desafíos para Latinoamérica". Foreign Affairs en Español, v. 20, p. 14-22.




DOI: https://doi.org/10.12957/rmi.2021.59256



Direitos autorais 2021 Maria Isabel Santos Lima; María del Carmen Villarreal Villamar

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Revista Mural Internacional | e-ISSN 2177-7314

PPGRI - Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais

Rua São Francisco Xavier, 524, Pavilhão - João Lyra Filho, 9ºandar, Bloco F, sala 9037, Maracanã, Rio de Janeiro, RJ - Cep: 20550-013 - Tel. fax: (021) 2334 0678 /// E.mail –ppgri.revista@gmail.com