Prever e Prevenir: Dilemas da Convenção da Basileia / Predict and Prevent: dilemmas in the Basel Convention

José Solla

Resumo


O artigo analisa a evolução dos regimes internacionais sobre substâncias químicas e o movimento transfronteiriço de resíduos tóxicos. Dá destaque para as características e negociações e da Convenção de Basileia, na Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e desenvolvimento - Rio 1992-, e as Conferências das Partes (COPs). Aponta participação de países desenvolvidos e do Brasil nestas negociações, assim como o resultado materializado na Emenda do Banimento.

ABSTRACT

This article analyses the development of international regimes about chemicals and the cross-border movement of hazardous waste. It foregrounds the features and negotiations of the Basel Convention, at the UN Conference on Environment and Development (the Earth Summit) in 1992, and at the Conferences of the Parties. It points to the participation of developed countries and Brazil in these negotiations and the outcomes materialised in the form of the Ban Amendment.

Palavras-chave: Convenção de Basileia, negociações internacionais, substâncias químicas.

Keywords: Basel Convention, international negotiations, chemicals.

DOI: http://dx.doi.org/10.12957/rmi.2011.5382


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/rmi.2011.5382



Direitos autorais

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Revista Mural Internacional | e-ISSN 2177-7314

PPGRI - Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais

Rua São Francisco Xavier, 524, Pavilhão - João Lyra Filho, 9ºandar, Bloco F, sala 9037, Maracanã, Rio de Janeiro, RJ - Cep: 20550-013 - Tel. fax: (021) 2334 0678 /// E.mail –ppgri.revista@gmail.com