Instituições políticas domésticas e a política externa do Brasil e do México / The domestic political institutions and foreign policy of Brazil and Mexico

Octavio Amorim Neto, Jorge A. Schiavon

Resumo


A política externa do Brasil se caracteriza mais pela continuidade do que pela ruptura, enquanto que a do México se encontra em um franco processo de transição, onde a mudança é a norma mais do que a continuidade. As políticas externas de ambos os países respondem tanto a fatores de índole internacional como interna. Este artigo descreve e explica comparativamente a forma em que a política interna destes países condiciona de maneira fundamental suas políticas externas. O artigo está dividido em duas seções. A primeira e principal se dedica a elucidar os mecanismos através dos quais as variáveis institucionais, políticas e econômicas domésticas impactam e condicionam a política externa dos dois países; esta seção está, por sua vez, dividida em duas partes, uma sobre o Brasil e a outra sobre o México. Na segunda seção, apresentam-se as consequências políticas domésticas das diplomacias do México e do Brasil, depois das posses de Vicente Fox e Luiz Inácio Lula da Silva discutindo-se os principais resultados deste artigo.

ABSTRACT

Brazil’s foreign policy is marked more by continuity than by disruptions, while Mexico’s is in the throes of a process of transition, where change is more the norm than continuity. Both countries respond to factors of an international nature and domestic pressures in their respective foreign policies. This article describes and explains comparatively how fundamental an influence their domestic policies have on their foreign policies. It is divided into two sections. The first and largest section focuses on elucidating the mechanisms by which domestic institutions, politics and economics impact and shape foreign policy in both countries; this section is itself divided into two parts, one on Brazil and the other on Mexico. The second section presents the domestic political consequences of Mexico and Brazil’s diplomatic approaches after the election of Vicente Fox and Luiz Inácio Lula da Silva, respectively, and the main findings are discussed.

Palavras-chave: Política interna e política externa, processo de formulação de política externa, os casos de México e Brasil.

Keywords: Foreign policy and domestic politics, foreign policy-making, the Mexican and the Brazilian cases.

DOI: http://dx.doi.org/10.12957/rmi.2010.5312


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/rmi.2010.5312



Direitos autorais

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Revista Mural Internacional | e-ISSN 2177-7314

PPGRI - Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais

Rua São Francisco Xavier, 524, Pavilhão - João Lyra Filho, 9ºandar, Bloco F, sala 9037, Maracanã, Rio de Janeiro, RJ - Cep: 20550-013 - Tel. fax: (021) 2334 0678 /// E.mail –ppgri.revista@gmail.com