Preservando o status quo na economia política angolana: adaptações governativas, angolanização e o mercado | Mastering status quo in the Angolan political economy: governance adjustments, 'angolanização' and the market

Gabrieli Fernandes Fickelsherer Gaio

Resumo


Este artigo aborda a preservação do status quo na economia política angolana a partir do fim da guerra civil no país. O trabalho busca apreender o papel do processo de angolanização na estratégia de manutenção do poder por parte do partido governante sob o contexto das políticas de reconstrução nacional. Esta pesquisa combina abordagens da Economia Política Internacional (EPI) (Strange, 1970; 1976; 1988; 1996; Underhill, 2000; 2001; 2003) com as observações de Bayart (1991; 2009) e Cooper (2002) relativamente ao estado pós-colonial no continente africano. O artigo identifica uma dinâmica co-constitutiva entre público e privado articulada pela gestão do partido governante, que molda tanto o estado quanto o mercado de acordo com suas estratégias de manutenção do status quo.

ABSTRACT

This article approaches status quo maintenance in Angola’s post-civil war political economy. The main purpose of this work is to apprehend the role played by 'angolanização' in the ruling party’s strategy for holding power under the conjuncture of national reconstruction. Combining approaches from International Political Economy (IPE) (Strange, 1970; 1976; 1988; 1996; Underhill, 2000; 2001; 2003) with Bayart’s (1991; 2009) and Cooper’s (2002) views on the postcolonial state in Africa, this article identifies the co-constitutive character of public and private spheres in Angola. Such co-constitutive character is a byproduct of the ruling party’s strategies for preserving status quo in the post-civil war years.

Palavras-chave: Angola – MPLA – angolanização.

Keywords: Angola – MPLA – 'angolanização'.

 

Recebido em 03 de Janeiro de 2018 | Received on January 3, 2018

Aceito em 13 de Março de 2018 | Accepted on March 13, 2018

 


Palavras-chave


Angola; MPLA; angolanização

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/rmi.2017.32110



Direitos autorais 2018

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Revista Mural Internacional | e-ISSN 2177-7314

PPGRI - Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais

Rua São Francisco Xavier, 524, Pavilhão - João Lyra Filho, 9ºandar, Bloco F, sala 9037, Maracanã, Rio de Janeiro, RJ - Cep: 20550-013 - Tel. fax: (021) 2334 0678 /// E.mail –ppgri.revista@gmail.com