Anuviar, elidir, silenciar? Notas históricas, críticas e epistemológicas sobre a permanência de um mal-estar no campo psicanalítico em torno da obra e do nome de Wilhelm Reich

Alexandre Magno Teixeira de Carvalho

Resumo


Trabalho parcial de conclusão de Estágio de Pós-doutoramento no Programa de Pós-Graduação em Teoria Psicanalítica da Universidade Federal do Rio de Janeiro, sob a supervisão do Professor Joel Birman. Linha de pesquisa: Fundamentos históricos e teóricos da Psicanálise.


Palavras-chave


Fundamentos históricos e teóricos da Psicanálise; Wilhelm Reich; epistemologia crítica da Psicanálise

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/mnemosine.2021.62175

Apontamentos

  • Não há apontamentos.