Formação inventiva de professores em tempos de pandemia: o que um louco lúcido nos convida a pensar e escrever?

Walter Omar Kohan

Resumo


Depois de uma apresentação do momento presente e da crise do capitalismo com a atual pandemia do COVID-19, o texto busca pensar as seguintes perguntas: qual seria o papel de uma formação inventiva de professores no atual cenário de suspensão aberto pela pandemia, que nos abre a possibilidade de novas formas de vida (nas escolas e fora delas)? O que fazer, em nome de uma formação inventiva de educadores, a partir de um momento crítico como o presente?  O artigo o faz a partir de uma leitura da frase “inventamos ou erramos”, de Simón Rodríguez, e da inspiração de pedagogia menina da pergunta de Paulo Freire.

 


Palavras-chave


pandemia; invenção; Simón Rodríguez

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.