Vida, Criação, Existência e Autonomia em Abrigos

Lygia Santa Maria Ayres, Adrielly Selvatici Santos, Izabel Taveira Manhães Braga, Ludmila da Cunha Mose Ferreira

Resumo


 

Esta pesquisa tem por objetivo pensar as práticas que ocorrem nos abrigos, analisando como se dá a construção do processo de autonomia nestes estabelecimentos. A pesquisa teve início em 2008, quando o grupo entrevistou profissionais de abrigos. Do encontro com as entrevistas surgiu o interesse de pesquisar sobre a temática da autonomia dentro desses estabelecimentos. Como método, utilizamos levantamento bibliográfico para investigar o que é escrito sobre a autonomia nos abrigos e também para discutir sobre o próprio conceito. Dos textos retiramos duas formas distintas de se conceber autonomia, a primeira inspirada em uma tradição transcendente, dualista, e a segunda que concebe autonomia enquanto prática imanente e criativa. Utilizando estas duas fontes de dados (entrevistas e textos), pudemos destacar alguns pontos de análise que serão discutidos ao longo do trabalho. Estes nos dizem de práticas que circundam cenários, as quais podem fortalecer ou constranger o processo de autonomia, ao mesmo tempo.

 


Palavras-chave


Autonomia; Criação; Abrigos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.