O conceito de atividade como unidade de análise na Psicologia? Um possível diálogo entre Vigotski e Politzer

Marcello Santos Rezende, Milton Raimundo Cidreira Athayde, Cirlene de Souza Christo

Resumo


Neste artigo pretende-se entrar no debate acerca do conceito de atividade como unidade de análise na Psicologia. Mais especificamente o fazendo por meio de um possível diálogo entre Vigotski e Politzer. Identificam-se diversos pontos de conexão existentes entre os autores, apresentando-se alguns destes. A convergência mais importante referese à formulação de que o “ato concreto” / “atividade prática” seria o termo ou unidade de análise da Psicologia.


Palavras-chave


atividade; Vigotski; Politzer; Psicologia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.