Saúde Pública e Saúde Coletiva: condições de emergência no cuidado da saúde da criança

Lutiane de Lara, Neuza Maria de Fátima Guareschi;, Simone Maria Hüning

Resumo


Neste artigo, são problematizadas algumas condições de emergência das políticas públicas de saúde voltadas para a criança, que surgem como uma forma de retomar os regimes de verdade que sustentaram, em diferentes épocas, o cuidado com a saúde da criança. Essas condições de emergência dizem respeito aos modos como a criança se tornou alvo das estratégias de governo das condutas, ou seja, de biopoder. Coloca-se em evidência a construção de uma saúde pública direcionada ao cuidado da criança, bem como os efeitos dessas práticas, para posteriormente problematizar o processo contemporâneo de construção do Sistema Único de Saúde.

Palavras-chave


Saúde Pública da Criança; biopoder; Saúde Coletiva

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.