Análise contrastiva da estrutura do sintagma nominal possessivizado no português brasileiro

Manoel Siqueira

Resumo


Neste trabalho, comparamos resultados de três conjuntos de dados sobre a estrutura de sintagmas nominais possessivizados no português brasileiro falado, com especial atenção para os possessivos antepostos a nomes, como em sua casa, e possessivos pospostos a nomes, como em uma casa sua, de modo a observar se é possível apresentar uma generalização para o comportamento dessa estrutura na língua. Usamos como base para a comparação as descrições feitas por Neves (1993) e Franchi (1996), que trabalham com dados de fala do NURC, e dados de fala do banco Falares Sergipanos. Como método, adotamos o descritivo/infe­rencial, de modo a observar a distribuição e a associação entre os dados. Os testes de associação apontam que, em ambos os tipos de possessivos, há mais diferenças entre as três amostras e seus resultados do que semelhanças, o que não nos permite desenvolver uma generalização do comportamento desses SN para o português.


Palavras-chave


Análise contrastiva; SN possessivizado; Português brasileiro.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/matraga.2021.53146

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 


ISSN 1809-3507 | DOI: 10.12957/matraga


Matraga é uma publicação do Programa de Pós-Graduação em Letras da UERJ:

UERJ >> Instituto de Letras >> Programa de Pós-graduação em Letras

 


Indexado nas seguintes bases:

 

Periodicos CAPES Latindex Find in a library with WorldCat MLA Livre DRJI MIAR BASE Logo University of Texas Libraries   UCLA Library University of Wisconsin - Madison Libraries EZB Google Acadêmico DOAJ Journal Tocs DOAJ


Licença Creative Commons

A Matraga utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.