A teoria dos espaços mentais na construção de sentido em textos multimodais

Ana Patrícia Sá Martins

Resumo


O presente artigo busca oferecer uma proposta de interpretação dos principais conceitos da Teoria dos espaços mentais e das mesclas para a construção de sentido em textos multimodais, como os anúncios publicitários e os memes. A partir das contribuições teóricas da Linguística Cognitiva, mais especificamente, de autores como Fauconnier (1994, 1997, 2002), Coulson (2001), Fillmore (1982), Lakoff e Johnson (1980, 2000), Turner (1989, 2001, 2002), entre outros, visamos a observar como a construção dos sentidos requer do leitor recorrência a domínios mentais e cognitivos na construção linguístico-discursiva da sua interpretação. Foram analisados sete textos multimodais de diferentes fontes, encontrados no ambiente digital. As análises nos permitiram observar os textos como cognição distribuída, em que o modo de funcionamento da mente é o próprio princípio organizador da composição textual, e de como as estruturas linguístico- textuais perpassam tal composição na formação das representações sociais.


Palavras-chave


Teoria dos espaços mentais e das mesclas. Construção de sentido. Textos multimodais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/matraga.2019.37354

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 


ISSN 1809-3507 | DOI: 10.12957/matraga


Palimpsesto é uma publicação do Programa de Pós-Graduação em Letras da UERJ:

UERJ >> Instituto de Letras >> Programa de Pós-graduação em Letras

 


Indexado nas seguintes bases:

 

Periodicos CAPES Latindex Find in a library with WorldCat MLA Livre DRJI MIAR BASE Logo University of Texas Libraries   UCLA Library University of Wisconsin - Madison Libraries EZB Google Acadêmico DOAJ Journal Tocs DOAJ


Licença Creative Commons

A Matraga utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.