Inversão locativa e sintaxe de concordância no português brasileiro

Juanito Ornelas de Avelar

Resumo


Adotando pressupostos do Programa Minimalista (CHOMSKY 2000, 2001), este trabalho explora a hipótese de que o português brasileiro apresenta um padrão de inversão locativa em que constituintes preposicionados são realizados na posição sintática do sujeito. Algumas particularidades associadas a esses padrões serão analisadas como resultantes de propriedades da concordância sujeito-verbo, em contraste com o português europeu.


Palavras-chave


locativos preposicionados; concordância posição de sujeito; Caso; Programa Minimalista.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 


e-ISSN 2446-6905 | DOI: 10.12957/matraga


Matraga é uma publicação do Programa de Pós-Graduação em Letras da UERJ:

UERJ >> Instituto de Letras >> Programa de Pós-graduação em Letras

 


Indexado em:


Licença Creative Commons
A Matraga utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.