O último Garrett: inquietudes na esfera pública, dramas íntimos na vida e na literatura (1843–1854)

Sérgio Nazar David

Resumo


O artigo aborda o amor e a questão paterna na obra madura de Almeida Garrett, ligando vida e obra, correspondência amorosa com Viagens na minha terra (1843-1845-1846), O arco de Sant’Ana (1845-1850) e a poesia, Flores sem fruto (1845) e Folhas caídas (1853).


Palavras-chave


intimidade; esfera pública; esfera privada; obra madura de Garrett (1843 - 1854).

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 


ISSN 1809-3507 | DOI: 10.12957/matraga


Palimpsesto é uma publicação do Programa de Pós-Graduação em Letras da UERJ:

UERJ >> Instituto de Letras >> Programa de Pós-graduação em Letras

 


Indexado nas seguintes bases:

 

Periodicos CAPES Latindex Find in a library with WorldCat MLA Livre DRJI MIAR BASE Logo University of Texas Libraries   UCLA Library University of Wisconsin - Madison Libraries EZB Google Acadêmico DOAJ Journal Tocs DOAJ


Licença Creative Commons

A Matraga utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.